20jul

O que é uma cidade criativa

Atualmente o tema tem entrado “na moda”, e é bom mesmo que a população passe a prestar mais atenção sobre iniciativas que transformam o cenário urbano e o deixa melhor para todos.

Uma cidade criativa é aquela capaz de comportar certa desordem e irregularidades enquanto renova seus padrões e inventa outras práticas de convivência. A definição foi apresentada por Anamaria Wills, executiva dedicada à produção cultural com atuação em diversos países. Leia Mais »

19jul

Quanto custa um tuíte de uma celebridade?

É normal incluirmos durante um plano de marketing digital, que algumas celebridades divulguem links para aumentar a credibilidade da ação e claro, aumentar a visibilidade. Você saberia quanto custa para uma estrela enviar um tweet patrocinado?

Nem todos os tuítes são criados da mesma forma. Algumas empresas desembolsam uma bolada para que celebridades divulguem através de 140 caracteres as suas marcas através dos fãs dessa celebridade. Isso tem se mostrado muito efetivo. Confere aí quanto custa um tweet de um famoso!

Quanto custa um tuíte de uma celebridade?

Quanto custa um tuíte de uma celebridade?

Leia Mais »

19jul

Eu sei como se sente, mano.

Quem aí nunca viu o meme “I know that feel, bro.” (Eu conheço esse sentimento, mano , ou traduzido também como: eu sei como se sente, mano). Pois o post de hoje é sobre isso! Sobre esse meme da solidariedade! Usamo-o para demonstrar nossa compaixão com alguma situação, normalmente engraçada #sqn; uns usam no sentido completamente  triste, porém com uma bela lição de solidariedade e empatia. Leia Mais »

19jul

Preços dos Ingressos da Copa do Mundo Brasil 2014

Saiu uma lista dos preços dos ingressos para os jogos da Copa do Mundo no Brasil em 2014. Além disso, saiu também uma lista de dicas para como conseguir comprar os ingressos que serão vendidos a partir do mês de agosto!

[hana-code-insert name=’Google’ /]

Copa no Brasil terá ingressos entre 60 reais e 1.980 reais

Copa no Brasil terá ingressos entre 60 reais e 1.980 reais

Fifa iniciará a venda no dia 20 de agosto, em modelo semelhante ao da Copa das Confederações. Entidade promete melhorar distribuição dos bilhetes em 2014

[hana-code-insert name=’Google2′ /]

Os brasileiros poderão assistir a uma partida de Copa do Mundo por 60 reais, o menor preço cobrado pela Fifa na história recente do torneio (e um valor inferior aos ingressos cobrados por muitos clubes brasileiros). Com meia-entrada, os bilhetes mais baratos do torneio podem sair por 30 reais.

Preocupada com as críticas sofridas ao longo da Copa das Confederações, a Fifa cumpriu a promessa de baixar os preços – pelo menos em algumas categorias de bilhetes – e abriu as portas para que diferentes classes sociais tenham acesso aos estádios durante a competição. As entradas mais baratas são para os assentos atrás dos gols, no alto das arquibancadas, com preferência para estudantes, idosos e beneficiários do Bolsa Família. Mais de 400.000 ingressos populares serão comercializados. Não faltarão, é claro, cadeiras para quem estiver disposto a gastar muito dinheiro: os bilhetes mais caros – para a final e no melhor setor possível – custarão 1.980 reais, de acordo com o anúncio feito pela Fifa nesta sexta-feira, em São Paulo. As vendas começam no dia 20 de agosto, pelo site oficial da entidade.

JOGOS Categoria 1 categoria 2 categoria 3* categoria 4**
Abertura R$ 990 R$ 660 R$ 440 R$ 160
Fase de grupos R$ 350 R$ 270 R$ 180 R$ 60
Oitavas de final R$ 440 R$ 330 R$ 220 R$ 110
Quartas de final R$ 660 R$ 440 R$ 330 R$ 170
Semifinais R$ 1.320 R$ 880 R$ 550 R$ 220
Terceiro lugar R$ 660 R$ 440 R$ 330 R$ 170
Final R$ 1.980 R$ 1.320 R$ 880 R$ 330

*Essa faixa de preço também serve para os portadores de deficiência física **Com direito a meia-entrada

Na fase inicial de vendas, os ingressos serão sorteados entre todos os que se inscreverem no processo, sem vantagem para quem fizer o pedido no início ou no fim do prazo. Nessa etapa, o torcedor concorrerá aos bilhetes sem saber quem vai jogar – só as datas e locais das três primeiras partidas da seleção brasileira já estão marcadas. O sorteio dos grupos acontece em 6 de dezembro, na Bahia. Só depois da definição da tabela é que começa a segunda etapa das vendas. A meia-entrada para estudantes só vale para a categoria 4. Idosos podem pagar meia também nos outros setores. Os torcedores de outros países vão pagar a partir de 90 dólares pelas entradas, já que não podem concorrer aos bilhetes da categoria 4, dos ingressos populares, restritas aos brasileiros. Pelo câmbio desta sexta, o ingresso mais barato para os visitantes é equivalente a 200 reais, por entradas de categoria 3 para os jogos da fase de grupos. O ingresso sai por 20 reais a mais que o preço cobrado dos brasileiros.

Os bilhetes de categoria 1 dão acesso aos melhores lugares do estádio, nas laterais do gramado. As categorias 2 e 3 ficam nos cantos do campo e atrás dos gols, onde também serão distribuídos os portadores de ingressos populares da categoria 4. Além do preço reduzido para os setores populares, outro efeito dos ataques sofridos pela Fifa no mês passado – como pichações e cartazes contra a entidade em meio à onda de manifestações que se espalhou pelo país durante a Copa das Confederações – foi a promessa de que a distribuição dos bilhetes vai melhorar para a Copa do Mundo. O diretor de Marketing da entidade, Thierry Weil, anunciou em São Paulo que os centros de distribuição de ingressos, onde os torcedores devem retirar as entradas compradas pela internet, serão mais numerosos e terão localização mais conveniente. Para evitar que os torcedores enfrentem as longas filas observadas no mês passado, a Fifa propõe, por exemplo, espalhar centros de ingressos por todos os aeroportos das doze sedes.

Dicas para como aumentar suas chances na compra dos Ingressos para a Copa:

Escolha os jogos certos

É claro que as partidas mais importantes são as mais concorridas – todo mundo quer estar na abertura, na final e nos jogos da seleção brasileira. Quem decidir tentar a sorte nessas datas precisa saber que está disputando um lugar com muita gente. O ideal é entrar no sorteio por uma ou duas entradas desse tipo, mas tentar a sorte também nos jogos menos badalados da fase de grupos.

Aposte na pré-venda

Se você tem um cartão Visa, vale a pena tentar a compra logo na primeira fase de comercialização das entradas. Os jogos ainda não estarão definidos, mas todos sabem quais serão as datas das partidas da seleção, que está no grupo A.

Esqueça da categoria 4

A não ser que você se encaixe num dos grupos de compradores preferenciais – estudantes com carteirinha válida, idosos e beneficiários do Bolsa Família -, não é bom negócio concorrer aos bilhetes populares para o torneio. Eles são mais baratos, mas boa parte está reservada a esses três grupos. Isso significa que sua chance de ser sorteado diminui consideravelmente – afinal, há dezenas de milhares de pessoas na sua frente, por causa dos critérios de preferência adotados pela organização.

Tente sedes menores

É evidente que cada sede terá um volume enorme de inscrições de moradores do próprio município. Se você pode aproveitar para viajar no período do torneio, uma boa opção é tentar ingressos em sedes menos populosas – e, portanto, menos concorridas. São Paulo e Rio de Janeiro, por exemplo, deverão ter uma enorme disputa pelos bilhetes.

Não recorra a cambistas

A Fifa adota uma série de mecanismos para desencorajar a revenda de bilhetes. Quem é sorteado precisa, por exemplo, entregar com antecedência o nome de quem usará cada entrada, que é intransferível. Achar que é mais fácil encontrar um revendedor é se iludir. É bem possível que você esteja pagando por um ingresso que não existe, que foi falsificado ou que foi cancelado pela Fifa. Além disso, os valores praticados por quem tenta revender os ingressos de Copa costumam ser extorsivos.

fonte : Veja

14jul

Infografico com as medidas exatas do Facebook

Quem acompanha o Facebook há uma longa data percebeu a alteração total do layout para a TimeLine (Linha do Tempo) no primeiro semestre do ano passado.  A questão é que mesmo ela já estabilizada e todos com o novo layout muitas pessoas (principalmente designers, publicitários e marketeiros) possuem dúvidas sobre quais são as medidas oficias para a Cover Page (Capa), ou abas dos aplicativos além da imagem visualizada no perfil.

[hana-code-insert name=’Google’ /]

Tamanhos Gráficos do Facebook TimeLine

Tamanhos Gráficos do Facebook TimeLine

[hana-code-insert name=’Google2′ /]

Para ajudar a personalizar a página da tua empresa o pessoal da iFrameApps publicou um infográfico interessante na forma de um guia para personalizar o novo layout da sua página.

O guia conta com as indicações precisas do tamanho de largura e altura, faça bom proveito.

Medidas oficias do Facebook (TimeLine)

Medidas oficias do Facebook (TimeLine)

14jul

Você politicamente se posiciona de Esquerda ou Direita?

Com frequência, quando nos referimos a ideologias políticas ouvimos os termos “eu sou de direita” ou “eu sou de esquerda“, mas o que representa cada um deles? Você é de direita ou de esquerda? Esse artigo tenta ilustrar um pouco a diferença entre eles, e assim, ajudar você a ter uma melhor ideia sobre o lado que você está posicionado e também, o lado que os candidatos estão posicionados. Leia Mais »

13jul

Brasileiros acreditam que partidos políticos são “corruptos ou muito corruptos”.

Tantos escândalos filmados, provados e registrados. Tantos crimes não julgados. Tanta coisa errada que fez com que os brasileiros ficassem desacreditados com a política, pior do que isso, a população está generalizando os políticos como ladrões, como gente da pior espécie.

Aquelas pessoas estão lá por vontade popular, por falta de educação na hora de votar talvez. Fato é que se as pessoas do bem ficarem longes da política popular, então, nossa sociedade não terá chance de mudar! Já diz o ditado:

“QUANDO OS GATOS SAEM, OS RATOS FAZEM A FESTA”.

Pesquisa da Transparência Internacional divulgada nesta terça-feira mostra também desconfiança da sociedade no Congresso

Pesquisa da Transparência Internacional divulgada nesta terça-feira mostra também desconfiança da sociedade no Congresso

Saiu em notícia essa semana a seguinte reportágem do “O Globo“.

Para 81% dos brasileiros, partidos são ‘corruptos ou muito corruptos’

  • Pesquisa da Transparência Internacional divulgada nesta terça-feira mostra também desconfiança da sociedade no Congresso

BRASÍLIA — Pesquisa divulgada nesta terça-feira pela Organização Não Governamental (ONG) Transparência Internacional revela que 81% dos brasileiros acreditam que partidos políticos são “corruptos ou muito corruptos”. O Congresso Nacional aparece em seguida entre as instituições mais desacreditadas pela população, com 72%. O estudo faz parte do Barômetro Global da Corrupção 2013.

Além dos partidos e do Congresso, o levantamento indica ainda que 70% dos entrevistados creem que a polícia também é afetada pela corrupção e outros 55% o sistema de saúde. O Poder Judiciário aparece na lista com 50% de desconfiança, seguido pelo funcionalismo público, com 46%; imprensa, 38%; ONGs e setor privado, 35%; igreja, 31%; e militares, 30%.

O levantamento ouviu 114 mil pessoas em 107 países — em 51 deles a população diz acreditar que a corrupção atingiu os partidos —, no período de setembro de 2012 a março de 2013, e mostra que a corrupção é um fenômeno amplo. É a oitava versão da pesquisa sobre o mesmo tema, envolvendo vários países. No Brasil, foram 2.002 entrevistados.

Clique aqui e veja quais são as instituições consideradas mais corruptas no mundo e compare a percepção de corrupção do brasileiro com a média global.

‘As manifestações representaram tudo isso’, diz Abramo

Em 2010, segundo a Transparência Internacional, a percepção do aumento da corrupção chegava a 64% dos brasileiros. No levantamento atual, o setor público brasileiro atingiu nota de 4,6 no grau de corrupção, numa escala de 1 a 5.

— As manifestações que ocorreram no Brasil representaram tudo isso. E com razão. O noticiário político só aparece nas páginas policiais. O Brasil é um país onde não se discute política, se discute apenas o crime — afirmou Cláudio Abramo, diretor-executivo da ONG Transparência Brasil.

Para Abramo, a lentidão no julgamento de processos reflete o resultado referente ao Poder Judiciário:

— A Fundação Getúlio Vargas também faz pesquisas e os resultados mostram que a população critica, mas ainda recorre à Justiça para resolver suas pendências. A lentidão é um problema. Os brasileiros perdem a confiança nas instituições porque os representantes se comportam mal. A Justiça, por sua vez, não oferece bem o serviço.

O deputado federal Miro Teixeira (PDT-RJ) lembra que há três anos entrou com uma Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI) no Supremo Tribunal Federal (STF) contra a Lei 12.034/09, a chamada minirreforma eleitoral, já sancionada pela presidente Dilma Rousseff. O parlamentar questiona diversos dispositivos da norma, que alterou a legislação eleitoral vigente no país a partir das eleições de 2010. O relator é o ministro Luiz Fux.

— Há uma desconfiança da população com o sistema eleitoral brasileiro. Esse estudo reflete corretamente a realidade. Por isso, recorremos ao STF para tentar mudar esses fatores que atropelam a Constituição. Os partidos políticos vão receber este ano R$ 330 milhões do fundo partidário. São recursos públicos. E ainda pagam pela propaganda no rádio e na televisão. Muitas vezes, esses partidos negociam esses horários com governadores e prefeitos em troca de nomeação de cargos — afirma Miro Teixeira.

Ricardo Caldas, professor de Ciência Política da Universidade de Brasília (UnB), conta que os índices de descrédito do cidadão com partidos políticos e com o Congresso se agravou nos últimos anos.

— Fiz pesquisa que mostrou que 85% do brasileiro não confia em políticos. Ou seja: a população está desacreditada por causa da corrupção — ressalta Caldas.

68% dos entrevistados estão dispostos a denunciar a corrupção

Outra constatação é que 68% das pessoas estão dispostas a denunciar casos de corrupção. Mas esse percentual é menor que a média mundial, de 80%. Além disso, 44% dos brasileiros afirmaram que não denunciam os corruptos por medo. Dos entrevistados, 27% admitiram que pagaram suborno para ter acesso a serviços públicos e instituições no último ano.

O trabalho da Transparência Internacional mostra ainda que dois terços daqueles que receberam propostas de suborno negaram a oferta, sugerindo, segundo os pesquisadores, que os governos, a sociedade civil e o setor empresarial devem intensificar seus esforços para conseguir que as pessoas contribuam para reverter a corrupção.

A presidenta da Transparência Internacional, Huguette Labelle, disse que os índices de suborno em nível mundial ainda são elevados, mas o fato de o cidadão querer combater a prática e a corrupção em geral deve ser avaliado como positivo.

O Barômetro Global da Corrupção 2013 alerta também que em vários países os entrevistados demonstraram não confiar nas instituições encarregadas de combater a corrupção e outros delitos. Em 36 países, eles citaram a polícia como o setor mais corrupto. Nos mesmos locais, a polícia é apontada como responsável por 53% dos pedidos de suborno.

Em 17 países do G20 (grupo das nações mais desenvolvidas do mundo), 59% dos entrevistados disseram que os governos atuam adequadamente no combate à corrupção. Para os entrevistados de 51 países, os políticos são os mais corruptos. Nos mesmos países, 55% dizem acreditar que o governo defende interesses particulares.

Em 2008, quando o mundo era atingido pela crise econômica, 31% dos entrevistados demonstravam confiança no governo no que se referia às medidas para reagir aos efeitos. Mas a pesquisa recente mostra que o percentual caiu para 22%.

 

13jul

Como Aproveitar ao Máximo a Timeline para Negócios

O Facebook na atualização do seu layout para a Timeline (linha do tempo) deu oportunidade para todos empresários competirem de igual em sua plataforma. Com a linha do tempo as empresas puderam personalizar, atualizara as ferramentas de negócios, destacar os acontecimentos mais importantes, e gerenciar fluxo, tráfego e tudo mais em um único local.

Leia Mais »

13jul

Entenda as funções administrativas das páginas do Facebook

Hoje qualquer pessoa pode criar uma fanpage no Facebook, para isso basta ter uma conta na rede social e depois ir neste link aqui. Consequentemente, muitos criam uma página no Facebook e trabalham bastante para ela ganhar uma notoriedade. No início, sempre recorremos a ajuda de alguns amigos ou parentes para serem criadores de conteúdo, acontece que muitos membros da comunidade pedem para serem administradores também. Leia Mais »

13jul

Atalhos para o Facebook

Você sabia que é possível abrir a página do seu perfil, as mensagens, as notificações e acessar outras áreas do Facebook por meio de teclas de atalho? P

Os atalhos que listaremos a seguir devem ser combinados com teclas que dependem do seu navegador. Se o seu browser é o Internet Explorer ou o Google Chrome, deve-se usar a tecla Alt; já se a sua escolha é o Firefox, use a combinação Alt + Shift.

Leia Mais »

© Copyright 2013-2020, Todos os Direitos Reservados