30dez

Flutuar em um piso de vidro e contemplar a natureza. Conheça o Skyglass Canela e o mirante do Parque Rio Branco

Compartilhe com os amigos!
71Compartilhamentos

Um dos modelos turísticos mais bem sucedidos recentemente a nível nacional é o Skyglass Canela, localizado na Zona Rural da cidade gaúcha Canela – RS. Inaugurada há pouco mais de 10 dias, o Skyglass Canela, primeira plataforma de aço e vidro da América Latina, já é um sucesso de público. Considerada única no mundo, a atração cria um novo cartão-postal no belíssimo Vale da Ferradura.

Skyglass já é um sucesso. Meio ambiente é destaque / Divulgação

Skyglass Gramado / Divulgação


A construção do atrativo iniciou em 18 de dezembro de 2019 e resultou em um investimento de R$ 30 milhões. Com foco na preservação do meio ambiente, a Skyglass Canela possui uma moderna estação de tratamento de resíduos líquidos e sólidos, que alcança 98% de pureza da água ao fim do processo. Sua construção resultou em baixo impacto ambiental, pois até as pedras usadas em sua construção foram retiradas do local.

Com capacidade para receber três mil pessoas diariamente, o parque reúne em sua infraestrutura praça de alimentação, lojas, estacionamento, playground e o inédito Memorial do Ferro de Passar.

Confira o vídeo da Gramado TV clicando neste link.

Aqui pertinho de Manaus, na região norte também tem um atrativo levemente parecido e também recém inaugurado, trata-se do Parque Rio Branco,  o imponente parque municipal que nasceu com a missão de ser o principal ponto turístico do Estado de Roraima e foi inaugurado no dia 20 de dezembro de 2020, com amplas áreas de lazer, mirante, ciclovia, fonte interativa, espaço infantil, espelho d’água, atracadouro, selvinha amazônica, quadras de vôlei, área para piquenique, banheiros, praias para o rio Branco.

Mirante

O mirante Edileusa Lóz possui 100 metros de altura, é a estrutura mais alta de Boa Vista. Lá em cima, o visitante terá uma vista panorâmica de Boa Vista e do rio Branco. A estrutura conta com uma passarela com piso de vidro.

A parte superior do mirante tem 250 m² e capacidade para receber 250 pessoas simultaneamente. Devido à pandemia de Covid-19, inicialmente, será liberada a permanência de um número reduzido de pessoas por vez.

O mirante do Parque do Rio Branco é realmente a maior atração do novo cartão postal de Boa Vista. Foto: Secom/Prefeitura

O mirante do Parque do Rio Branco é realmente a maior atração do novo cartão postal de Boa Vista. Foto: Secom/Prefeitura

O mirante do Parque do Rio Branco é realmente a maior atração do novo cartão postal de Boa Vista. Foto: Secom/Prefeitura

As obras do Parque do Rio Branco iniciaram em abril de 2018 e foram divididas em três etapas. A primeira foi a retirada de mais de 350 famílias da área de risco do Caetano Filho (Beiral), indenizadas com recursos próprios da prefeitura. Logo em seguida, foi feita a terraplanagem e drenagem da área, com elevação da avenida Sebastião Diniz e por último a canalização do igarapé Caxanga.

Selvinha Amazônica terá oito cenários:

Cenário 1: jacaré, cobra, iguana;
Cenário 2: formiga, zangão, louva-a-deus, lagarta, joaninha, tronco, libélula;
Cenário 3: borboletas; Cenário 4: macaco chuin.
Cenário 5: arara, tucano, papagaio, beija-flor;
Cenário 6: onça pintada, tronco;
Cenário 7: tamanduá, cupinzeiros;
Cenário 8: árvore, postes folhas.

Selvinha Amazônica no Parque do Rio Branco — Foto: Divulgação/Prefeitura de Boa Vista

Selvinha Amazônica no Parque do Rio Branco — Foto: Divulgação/Prefeitura de Boa Vista

Selvinha de noite do novo cartão postal de Boa Vista. Foto: Secom/Prefeitura

Selvinha de noite do novo cartão postal de Boa Vista. Foto: Secom/Prefeitura

MURAL ARTÍSTICO CULTURAL: O local expõe 34 obras de artistas regionais dentro do tema “Nosso Rio, Nossa História, Nossas Famílias”. O mural também é composto por uma obra gigante do artista Eduardo Kobra, que retratou as diversas características do povo, da cultura e das belezas de Boa Vista, com o hiper-realismo e os famosos traços coloridos que marcam seus trabalhos.

OUTROS ATRATIVOS: O parque ainda conta com um espelho d’água em formado de meia lua, calçadões propícios para a prática de caminhada e praia. O local ainda vai receber quadras esportivas, ciclovia, lanchonetes e arborização.

O Parque também terá um mirante, uma torre de 86 metros de altura, com dois elevadores, um social e outro panorâmico, espelhos d’água, a marina (área para ancorar barcos), banheiros públicos, posto de vigilância da guarda, pista de cooper, ciclovia, praia e sombreiros com o plantio de mais de 100 árvores.

O local receberá ainda uma passarela que interligará o Parque até a Orla Taumanan.

A pandemia vai passar e as cidades precisarão se reerguer, acredito que através de bons investimentos em turismo sustentável, respeitando a natureza e fazendo a imersão ambiental será a chave do sucesso. Estamos dentro da maior biodiversidade do mundo e ainda não possuímos um Aquário de verdade, até porque aquele dentro do Cigs não considero aliás, desde 2012 eu falo sobre a possibilidade de termos um Aquário Amazônico.

Comentários

Compartilhe com os amigos!
71Compartilhamentos

Sobre Marcus Pessoa

Sou manauense, graduado em Design de Interface Digital, pós-graduado em Marketing, Propaganda e Publicidade pela Laureate International Universities e mestrando em Design da Comunicação na Politecnico di Milano - Itália. Sou o idealizador do No Amazonas é Assim e em meu blog escrevo sobre Cidades Inteligentes, Marketing Digital, Curiosidades do Amazonas, Manaus de Antigamente além de dar minhas opiniões e Pitacos sobre coisas do cotidiano que interferem diretamente na vida de todos.

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados *

*

© Copyright 2013-2021, Todos os Direitos Reservados
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com