Curiosidades sobre a Catedral Metropolitana de Manaus

Compartilhe com os amigos!
132Shares

Sem dúvida a Catedral Metropolitana de Manaus, mais conhecida como Igreja da Matriz, é um local rico de história e assim como grandes obras da nossa cidade, existem muitas curiosidades que poucas pessoas conhecem. Aqui neste link eu já escrevi um pouco sobre a História da Catedral Metropolitana de Manaus ou Igreja da Matriz .

A primeira parte dessa história,  é referente ao ano de em 1695, quando os padres Carmelitas, ergueram aquela que é considerada a primeira CAPELA DE MANAUS, em homenagem a Nossa Senhora Da Conceição. Naquele tempo localizava-se no antigo largo da Trincheira.

Porém, era apenas uma capela, de barro e palha que acabou sendo demolida e depois foi construída uma bem maior no local. Essa maior, só foi concluído em 1788. Nela aconteceriam os principais eventos, como o JURAMENTO A PRIMEIRA CONSTITUIÇÃO BRASILEIRA.

Quando ela foi criada, ela foi posta sobre uma elevação entre os igarapés do Espírito Santo e da Ribeira. Hoje ambos os igarapés estão aterrados. Olhem como era linda!

A atual Catedral Metropolitana de Manaus está situada na parte central da cidade, sobre uma elevação entre os igarapés do Espírito Santo e da Ribeira (ambos aterrados), com sua fachada principal voltada para o rio Negro que até hoje é o principal portão de entrada da capital amazonense.

A atual Catedral Metropolitana de Manaus está situada na parte central da cidade, sobre uma elevação entre os igarapés do Espírito Santo e da Ribeira (ambos aterrados), com sua fachada principal voltada para o rio Negro que até hoje é o principal portão de entrada da capital amazonense.

Contam os livros de história que o governador da época, Eduardo Ribeiro, quis estabelecer uma Manaus conforme os padrões europeus e aterrou, canalizou e transformou alguns igarapés da área central em ruas, avenidas deixando galerias por baixo. A Praça 15 de Novembro estaria então, construída sobre os igarapés da Ribeira e do Espírito Santo, que foram aterrados.

Infelizmente, ocorreu no local um incêndio em 2 de Julho de 1850, que consumiu toda a Igreja.

Incêndio na Igreja da Matriz em Manaus em 1850.

Algumas peças foram salvas, como o caso da imagem da Nossa Senhora Da Conceição que hoje está exposta no museu da Metropolitana.  A imagem original da Nossa Senhora da Conceição é de procedência italiana, possui rosto, mãos e pés em madeira policromada, fibras vegetais, vestido e manto em tecido encolado, pintado em azul e dourado. As referências histórias a identificaram como sendo da igreja original, do período colonial, trazidos pelos padres carmelitas em 1695 e que foi salva do incêndio que destruiu a Matriz em 1850.

Imagem da Nossa Senhora Da Conceição original / Foto : Marcus Pessoa

As obras de uma nova igreja aconteceriam somente em 23 de julho de 1858. Porém com as dificuldades orçamentárias, e a falta de mão de obra especializada, a igreja, seria somente inaugurada em 1877, já no governo do Presidente da Província, Domingos Monteiro Peixoto. Seu primeiro Pároco foi o padre José Manoel dos Santos Pereira.

Na igreja da Matriz também tem o jazigo do Dom José Lourenço da Costa Aguiar, o 1º Bispo do Amazonas. O bispo faleceu em 5 de junho e 1905 em Lisboa.

Dom José Lourenço da Costa Aguiar, o 1º Bispo do Amazonas

Jazigo do Dom José Lourenço da Costa Aguiar, o 1º Bispo do Amazonas

Jazigo do Dom José Lourenço da Costa Aguiar, o 1º Bispo do Amazonas

Jazigo do Dom José Lourenço da Costa Aguiar, o 1º Bispo do Amazonas

Jazigo do Dom José Lourenço da Costa Aguiar, o 1º Bispo do Amazonas

A atual construção é em Estilo Grego, grande parte do material de construção é importado da      Europa, principalmente de Portugal; É o caso dos seis sinos de fundição portuguesa, e os três  altares,  tudo em pedra de Lioz vinda de Lisboa, as telhas vieram do Município de Parintis.

Pelo decreto 11.039, de 12 de Abril de 1988, o Templo foi tombado como Monumento Histórico Estadual.
  • Durante sua construção ela foi transferida para a Igreja dos Remédios.
  • A igreja e inaugurada oficialmente em 1878
  • Em 1892 Foi criada a então Diocese do Amazonas.
  • Em 1927 os membros da FAMÍLIA IMPERIAL BRASILEIRA assistem a uma missa na Catedral
  • Em 1946 a Igreja de nossa Senhora é elevada a Catedral.

A Igreja Matriz sofreu sua última grande restauração entre 2001 e 2002. A partir daí, a catedral passou a abrigar em uma de suas alas um museu que permite observar a história e o acervo do local. Entre os itens disponíveis, o público pode ver objetos utilizados pelo papa João Paulo II, em sua visita a Manaus no ano de 1980. Na ocasião, o pontífice chegou a discursar no local.

Em 2002, quando houve a intervenção arqueológica, foi encontrada uma garrafa de viro com uma mensagem d mestre pedreiro Francisco Canejo e do frade português, atestando a data do fechamento da porta. No reboco do arco, ao centro, pode-se notar uma “traçaria”, desenho gravado na fachada da igreja. Provavelmente feito do mesmo período.

Museu Catedral Metropolitana de Manaus / Marcus Pessoa

Museu Catedral Metropolitana de Manaus / Marcus Pessoa

Museu Catedral Metropolitana de Manaus / Marcus Pessoa

Museu Catedral Metropolitana de Manaus / Marcus Pessoa

Museu Catedral Metropolitana de Manaus / Marcus Pessoa

O alicerce descoberto durante as escavações arqueológicas, é constituído de blocos de crosta laterítica e arenitos (Arenito Manaus). Ainda não foi possível identificar sua real função, alguns apontam que seja remanescentes de uma construção anterior a igreja, outros, que tenha sido construído para da suporte a parede lateral da sacristia que tinha rachado durante as obras de entalhamento da Capela-Mor em 1972.

Museu Catedral Metropolitana de Manaus / Marcus Pessoa

Museu Catedral Metropolitana de Manaus / Marcus Pessoa

O entorno da catedral está recém-reformado e é possível ver com mais atenção aos detalhes que ela guarda.  A Catedral é simbolo da Grandeza de Manaus e também lembra um tempo maravilhoso que não só Manaus vivenciou mais todo Brasil, que foi o Período Imperial.

A fachada divide-se em dois andares, com poucos elementos ornamentais. Os seis sinos da igreja foram importados de Portugal e instalados em 1875. Até hoje, a catedral mantém uma posição de destaque na paisagem do Centro de Manaus. Localizada sobre uma pequena elevação, em frente ao Porto de Manaus, a catedral foi a primeira grande obra arquitetônica realizada na cidade.

O dia de Nossa Senhora da Conceição, Padroeira do Estado do Amazonas, é comemorado em 8 de dezembro – com o aniversário dessa Paróquia – quando realizam-se as tradicionais procissão e missa.

Se gostou, compartilhe com seus amigos.

Catedral Metropolitana de Manaus - Nossa Senhora da Conceição

Catedral Metropolitana de Manaus – Nossa Senhora da Conceição / Foto : Divulgação

Compartilhe com os amigos!
132Shares

Sou o idealizador do No Amazonas é Assim. Em meu blog escrevo sobre Marketing Digital, Conteúdos Criativos, Empreendedorismo, Manaus de Antigamente além de dar minhas opiniões sobre Política e outras coisas mais.

Comentários