24maio

Prefeitura de Manaus gastará mais de 10 milhões para demolir e reconstruir o Terminal da Constantino Nery – T1

Como já anunciado pelo prefeito Arthur Virgílio Neto, o Terminal 1 (Constantino Nery) será totalmente demolido e no local será construído um novo e moderno terminal, fundamental para atender a grande demanda de transporte coletivo na capital. O contrato com a J Nasser Engenheria Ltda., no valor de R$ 10,3 milhões, foi licitado mediante anteprojeto confeccionado pelo consórcio formado pelas empresas Serviços Técnicos de Engenharia (STE) S.A e AGC Engenharia Ltda. O prazo de construção de 270 dias é contado a partir do início das obras.

Que o T1 é um terminal de péssima qualidade todos já sabemos, mas a questão é se esse é o melhor momento para tal obra? Estamos no meio de uma grande pandemia com efeitos diretos na economia e consequentemente arrecadação para o município. Há alguns dias atrás o Prefeito de Manaus esteve pedindo ajuda internacional para que Manaus não entrasse em total colapso e de repente anuncia um pacote de obras com gastos milionários?

Terminal da Constantino Nery quando chove / Foto : Divulgação

Será que essa deve mesmo ser a prioridade para Manaus nesse momento? Ao meu ver a decisão do prefeito de Manaus é questionável e repito, não estamos diante de um momento normal onde obras como essa precisam ser feitas. Estamos em um momento atípico e há 4 meses de uma possível Eleição para o Poder Executivo Municipal. Não é minimamente estranho uma obra como essa que levará no mínimo 9 meses ser defendida agora? Prefeito Artur, com todo respeito, Manaus há outras prioridades urgentes que a prefeitura deve focar.

Imagina que o valor de derrubar e construir o novo Terminal terá o orçamento de 10 milhões e o prazo estipulado de 270 dias!

E outra, além do T1, os terminais da Cidade Nova (T3) e do São José (T5) também estão no cronograma de obras. As obras serão executadas pela bagatela de R$ 3.057.188,68, a ser finalizada em 120 dias.

Fora isso, as paradas centrais “em estações de transferência“, como a estação Arena, na Avenida Constantino Nery, será reformada com o valor estimado de R$ 7.346.425,77. Já a estação Santos Dummont, na Avenida Torquato Tapajós, o valor será de R$ 5.819.848,35, e para a nova estação Parque das Nações, na Colônia Santo Antônio, o valor será R$ 6.150.068,79.

Novamente repito, não é questão de ser fundamental ou não, mas a questão é de prioridade. Seria essa a prioridade nesse momento? Talvez a única coisa positiva anunciada nesse pacote da Prefeitura Municipal é que irão retirar mais alguns ônibus cacarecos e serão implantados os lendários 300 ônibus novos, a partir de junho de 2020.

Comentários

Compartilhe Esse Post!

Sobre Marcus Pessoa

Sou o idealizador do No Amazonas é Assim. Em meu blog escrevo sobre Cidades Inteligentes, Marketing Digital, Manaus de Antigamente além de dar minhas opiniões sobre Política e assuntos relacionados ao mundo digital.

Deixe uma Resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

© Copyright 2013-2020, Todos os Direitos Reservados