1out

Fotos raras do Studio Play – O Parque Temático do Amazonas

Compartilhe com os amigos!
11Compartilhamentos

Inaugurado em 18 de julho de 2001, o Studio Play cumpriu sua missão e se tornou o maior Parque temático do Amazonas e referência em toda a região norte. O Parque de Diversões possuía uma área de 10.000 m² no Studio 5 Festival Mall, em Manaus, além de um salão com 1,2 mil metros². Com um investimento na ordem de R$ 8,1 milhões de reais, o empreendimento levou ao parque somente na primeira semana da sua inauguração 2 mil visitantes.

Toda a estrutura física e de segurança do Studio Play ficou a cargo da Poltronieri Engenharia, enquanto os equipamentos e brinquedos utilizados no parque eram do grupo brasileiro Fionda. O traço paisagístico do Parque ficou por conta da arquiteta e paisagista Maria Cecília Barbieri Gorski, mais conhecida como Ciça Gorski e que é proprietária do escritório Barbieri & Gorski. Ciça também projetou o Parque da Mônica, em São Paulo a pedido do desenhista e ilustrador Maurício de Souza.  O traço interativo dos brinquedos é recorrente em seus projetos e exige do público relação menos automatizada e passiva do corpo. Alguns outros exemplos são o Parque das Aventuras, em Itu,  São Paulo, e o parque temático Studio Play, que existia aqui em Manaus.

Studio Play - O Parque Temático do Amazonas

Studio Play – O Parque Temático do Amazonas

O Studio Play ficava localizado na Avenida Rodrigo Otávio, nº 3.555, Distrito Industrial, na zona Sul de Manaus, dentro da área que hoje é o Estacionamento do Studio 5 Shopping e Convenções. Sem dúvida foi um trunfo e tanto para a empresa ter sido responsável pela construção do maior parque temático da região norte do Brasil.

Fora os brinquedos, o forte do Studio Play era a praça de alimentação que oferecia aos visitantes opções em comidas, lanches e refrigerantes. Os preços dos cartões de acesso variavam de R$3 e R$12 por pessoa, que dava livre acesso a todos os brinquedos sem tempo determinado.

Studio Play - O Parque Temático do Amazonas

Studio Play – O Parque Temático do Amazonas

Entre os raros registros do Studio Play, existe uma carta assinada pelo Alberto de Mesquita Alcântara, que era o então Diretor Presidente. O interessante é que pesquisando o CNPJ da empresa Magic Toys Diversões, Promoções e Empreendimentos LTDA, ao qual era a responsável pelo Studio Play, é possível saber que ela

Studio Play - O Parque Temático do Amazonas

Studio Play – O Parque Temático do Amazonas

A direção do Studio Play informava à época que a preocupação maior do grupo era de oferecer segurança aos clientes, fazendo a manutenção necessária aos aparelhos, uma vez por semana, quando o parque era fechado ao público, na segunda-feira. O parque funcionava de erça a sexta das 16 às 23h e sábados, domingos e feriados das 14 às 23h.

O que acaba conflitando com o que supostamente teria ocorrido para o “falimento” do empreendimento em 2005. Á época, circulou por e-mail  a estória que uma criança foi picada por uma cobra coral na piscina de bolinha no Studio Play. O acidente, de acordo com o e-mail, havia acontecido no sábado 16/04/05.

O e-mail contava que uma criança de 4 aninhos teria sido vítima fatal da falta após ela brincar em uma piscina de bolinhas. Segundo contava a mensagem, na piscina de bolinhas tinha um ninho de cobra coral, e que a cobra chegou a picar a criança enquanto ela se divertia no espaço. A criança chegou a sair da piscina de bolinhas e foi até a sua mãe queixando-se que estava com uma dor no braço e depois voltou a brincar. A mãe nem podia imaginar que aquela seria a última vez que a teria visto viva. De maneira repentina a criança caiu, e mesmo após ter sido socorrida não resistiu e faleceu.

O que ninguém nunca descobriu, porém, é quem é essa criança ou mesmo essa família. O que sabemos, porém, é que cobra em piscinas de bolinhas, cobra em carrinhos de supermercados e em pés de alface são uma das fake news mais antigas do Brasil. A lenda da piscina de bolinhas cheia de cobras sofreu mutação e saiu rastejando pelo Brasil afora. Saiu da Nove de Julho, foi até Porto Alegre no Rio Grande do Sul e de lá viajou para o estado de Pernambuco, cidade de Jaboatão dos Guararapes. De lá, voltou para o Sul, mais precisamente Joinville, em Santa Catarina e ainda teve fôlego para ir até Manaus e acabar com a linda história do Studio Play.

Sempre que falam dessa questão de cobra coral em piscina de bolinhas ou cobra coral encontrada no hortifruti, falam também que nada foi divulgado porque ocorreu uma Operação ABAFA  e foi tão forte que quase nada se comentou na imprensa amazonense! Além disso, dizem que a família da vítima foi indenizada para ficar calada. Todas as histórias são iguais. Mas e a versão de quem esteve no local?

Conversei com a gerente de marketing do Studio Play à época, Patrícia Maravalha, que hoje mora em Boa Vista, que me assegurou que trata-se de fake news. Ela disse ainda, que a piscina era higienizada todos os dias, pois às vezes, calhava de alguma criança deixar escapar pipi de tão relaxada que ficava, e se não ocorresse essa manutenção, em poucos dias a piscina estaria com um cheiro insuportável.

Confira abaixo o vídeo que fiz sobre o assunto.

Comentários

Compartilhe com os amigos!
11Compartilhamentos

Sobre Marcus Pessoa

Sou o idealizador do No Amazonas é Assim. Em meu blog escrevo sobre Marketing Digital, Conteúdos Criativos, Empreendedorismo, Manaus de Antigamente além de dar minhas opiniões sobre Política e outras coisas mais.
© Copyright 2013-2020, Todos os Direitos Reservados