As novas evoluções do xadrez e do pôquer

Compartilhe com os amigos!
0Shares

A Federação Internacional dos Esportes da Mente (IMSA) reconhece o pôquer e o xadrez como esportes mentais há oito anos, mas a história dessas modalidades é muito mais antiga e elas evoluíram de diversas maneiras desde suas criações.

Um dos principais clássicos estratégicos

As origens exatas do xadrez são desconhecidas, mas a maioria dos historiadores concorda que ele surgiu na região da Índia durante o Império Gupta por volta do século VI d.C.  Depois disso, ele logo se espalhou para a China, Pérsia e para o resto do mundo.

Desde o começo, o xadrez estava atrelado à estratégia e conquista de territórios com as peças. Sua forma primitiva na Índia era chamada de Chaturanga e mostrava as quatro principais divisões do exército indiano: infantaria, cavalaria, elefantaria e carruagem.

Depois de vários séculos, essas peças evoluíram para o peão, cavaleiro, bispo e torre que todos conhecem. Não foram só elas que mudaram e, assim como muitos dos primeiros esportes mentais, as regras do xadrez evoluíram à medida que ele se espalhou pelo mundo.

Regras oficiais aumentam o desafio

Atualmente, os torneios oficiais seguem um conjunto de regras comuns que envolvem capturar o rei do oponente utilizando as peças da maneira correta. Contudo, também existem algumas que merecem ser mencionadas.

As duas principais são a “touch-move” (“tocou-mexeu” em tradução livre) e o uso de relógios ou temporizadores.

A touch-move é bem auto-explicativa. Ela dita que se um enxadrista tocar de qualquer maneira em uma de suas próprias peças, ele deve mover essa peça, desde que seja uma jogada legal e possível.

Ao contrário do que pode parecer ao espectador que apenas assiste filmes de xadrez, a maioria dos torneios usa temporizadores para regular o tempo gasto durante toda uma partida e não em cada jogada.

Isso significa que cada enxadrista recebe a mesma quantidade de tempo para usar durante todo o jogo e pode decidir como gastar esse tempo. Se ficar sem tempo, ele perde de maneira automática.

Novas modalidades interessantes

Durante todo seu período de existência, esse esporte da mente deu origem a uma série de modalidades diferentes muito interessantes e o xadrez Fischer Random é uma das mais populares.

Inventada pelo famoso campeão mundial Bobby Fischer,suas regras são quase as mesmas do xadrez padrão e as formas de vencer sãoidênticas. A diferença reside num esforço para reduzir o impacto da teoria de abertura e as peças nos lados de cada enxadrista são embaralhadas de maneiraaleatória – o que aumenta o grau de dificuldade do xadrez.

Um esporte milenar

Acredita-se que o esporte mental que hoje conhecemos como pôquer tenha raízes que remontam a quase 1.000 anos, cruzando vários continentes e culturas.

O antecessor europeu mais próximo do pôquer foi o poque, um jogo de cartas francês do século XVII que envolvia o uso de apenas três cartas na mão (no lugar das cinco atuais) e foi levado por colonos franceses para seus assentamentos na América do Norte.

Depois disso, colonos anglo-saxões da região modificaram o jogo e introduziram algumas das principais características do pôquer moderno, como as cinco cartas para cada participante e um baralho de 52 cartas.

Evolução e grande popularidade no mundo moderno

A partir daí, o pôquer se espalhou pelo rio Mississippi para toda a América do Norte. Alguns séculos depois, tomou conta do resto do mundo. Com o tempo, diferentes modalidades se tornaram dominantes, com destaque para a Texas Hold’em e a Omaha.

As duas contam com o mesmo número de rodadas e o uso de cartas individuais e comunitárias. A principal diferença entre ambas é que no Texas Hold’em cada participante conta com apenas duas cartas – enquanto na Omaha cada um recebe quatro cartas, o que aumenta o número de possibilidades de mãos.

Novas criações mantém o esporte sempre atual

Assim como o xadrez, o pôquer também tem uma forte presença online e sua mais nova iteração é uma combinação de Texas e Omaha. Chamada de “Fusion Poker “, essa modalidade é uma adição criativa que conta com as melhores partes de cada uma.

A Fusion funciona da mesma como a Texas antes do pré-flop (três primeiras cartas comunitárias) e todo os participantes recebem duas cartas individuais. A principal diferença é que, após o flop, cada um dos restantes recebe uma carta fechada extra.

O processo se repete mais uma vez depois do turn e, nesse momento, a Fusion se torna igual a Omaha, com cada um utilizando duas das quatro cartas individuais e três comunitárias para montar a melhor mão possível e vencer os oponentes.

Independente do pôquer ou xadrez, oimportante é praticar. Écomprovado que a prática de esportes mentais como o xadrez e o pôquer podetrazer diversos benefícios. Por isso, independentemente da modalidadeescolhida, o importante é escolher uma e praticar de maneira constante.

Comentários
Compartilhe com os amigos!
0Shares
Sou manauense, graduado em Design de Interface Digital, pós-graduado em Marketing, Propaganda e Publicidade pela Laureate International Universities e mestrando em Design da Comunicação na Politecnico di Milano - Itália. Sou o idealizador do No Amazonas é Assim e recebi o Prêmio Top Empreendedor nas Américas, além da Comenda da Cruz do Reconhecimento do Mérito do Empreendedorismo e a Cruz do Mérito da Amazônia, ambas as comendas outorgadas pela pela Câmara Brasileira de Cultura. Em meu blog, escrevo sobre Marketing Digital, Mídias Sociais, Branding, Gestão de Conteúdos Web, Turismo Cultural, Manaus de Antigamente além de Políticas Criativas.