9ago

Aprenda a se Defender dos Principais Golpes de Whatsapp

Compartilhe com os amigos!
84Compartilhamentos

Um dos procedimentos mais usados pelos criminosos consiste em acessar ilegalmente as conversas da vítima e se passar por ela para pedir dinheiro a parentes e amigos, que são instruídos a fazer depósitos em contas de terceiros. Para ter acesso ao WhatsApp clonado da vítima, os fraudadores se apropriam do código de ativação do mensageiro, enviado por SMS ao celular do usuário.

Aprenda a se Defender dos Principais Golpes de Whatsapp

Aprenda a se Defender dos Principais Golpes de Whatsapp

1. Roubo de dados de sites

Este golpe aproveita informações publicadas em sites de vendas, como OLX e Zap Imóveis. Os golpistas entram em contato com a vítima se passando por representantes dessas plataformas e informam que o perfil recebeu reclamações referentes a um anúncio.

Em seguida, solicitam que a pessoa confirme seu número fornecendo o código enviado por SMS — neste momento, os bandidos tentam fazer login com o número do WhatsApp da vítima em outro celular. O usuário, então, recebe uma mensagem de texto com o código de validação e o repassa para os criminosos, que passam a ter total acesso às suas conversas e grupos.

A partir de então, os fraudadores entram em contato com amigos e parentes contando histórias que geralmente envolvem a necessidade urgente de um depósito bancário, realizado em uma conta de um “laranja”, com a promessa de devolver em breve.

Dica : Para não ter o WhatsApp clonado é necessário ter atenção. O próprio SMS enviado pelo mensageiro afirma que o código de verificação não deve ser compartilhado com terceiros.

2. Golpe que usa nomes de famosos

Neste golpe, descoberto recentemente por especialistas da Kaspersky, um bandido liga para a vítima se passando por organizador de um show ou evento VIP, oferecendo ingressos grátis em nome de famosos como Zeca Camargo ou Preta Gil, por exemplo.

Então, ele diz que enviou o código de validação dos ingressos por SMS e pede que o usuário repasse a numeração, que é o código de confirmação de login do seu WhatsApp.

Dica : Então, ele diz que enviou o código de validação dos ingressos por SMS e pede que o usuário repasse a numeração, que é o código de confirmação de login do seu WhatsApp. Com a numeração em mãos, o criminoso terá acesso às conversas da vítima e seguirá com as tentativas de roubar dinheiro dos seus contatos, usando a mesma artimanha do golpe citado anteriormente.

3. Instagam de Perfis Famosos

Assim como no anterior, porém usando perfis famosos, ou melhor, falsamente famosos.

Dica : Então, ele diz que enviou o código de validação dos ingressos por SMS e pede que o usuário repasse a numeração, que é o código de confirmação de login do seu WhatsApp. Com a numeração em mãos, o criminoso terá acesso às conversas da vítima e seguirá com as tentativas de roubar dinheiro dos seus contatos, usando a mesma artimanha do golpe citado anteriormente.

4. App espião e Links maliciosos

O WhatsApp também pode ser clonado por meio de aplicativos espiões. Os chamados spywares (ou stalkerwares) permitem que uma terceira pessoa, que pode ser um hacker desconhecido ou um parceiro ciumento, monitore as atividades da vítima no celular.

Em ataques hackers, os criminosos costumam enviar o malware através de phishing e, sem saber, é a própria vítima quem instala o app espião no celular.

Dicas: Portanto, suspeite se a bateria do celular estiver acabando muito rapidamente e se os dados móveis apresentarem picos de uso durante o dia, sem explicação. Se o smartphone apresentar superaquecimento, se você notar a presença de apps suspeitos ou alertas de pop-up invasivos, é possível que o seu celular tenha sido infectado por um aplicativo espião.

5. Contas Falsas

Nesta modalidade, o criminoso cria uma nova conta no WhatsApp e rouba os dados públicos de uma pessoa, como nome, foto de perfil e status. Em seguida, entra em contato com os amigos da vítima dizendo que “trocou de número” e conta uma história para pedir dinheiro emprestado.

Dica : O WhatsApp possui um recurso capaz de informar automaticamente quando um contato troca de número. Outra dica que pode ajudar é entrar em contato por meio de ligação ou mensagem com o número original do contato antes de fazer qualquer transferência.

6. Clonagem de Chips

Os bandidos ligam para a operadora se passando por você, e conseguem habilitar um chip igual ao seu. Com seu número eles partem para o ataque e tentam roubar outras pessoas.

Assista ao vídeo:

Comentários

Compartilhe com os amigos!
84Compartilhamentos

Sobre Marcus Pessoa

Sou manauense, graduado em Design de Interface Digital, pós-graduado em Marketing, Propaganda e Publicidade pela Laureate International Universities e mestrando em Design da Comunicação na Politecnico di Milano - Itália. Sou o idealizador do No Amazonas é Assim e em meu blog escrevo sobre Cidades Inteligentes, Marketing Digital, Curiosidades do Amazonas, Manaus de Antigamente além de dar minhas opiniões e Pitacos sobre coisas do cotidiano que interferem diretamente na vida de todos.

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados *

*

© Copyright 2013-2021, Todos os Direitos Reservados