7jun

Saiba porque Manaus está sendo incendiada e vai receber a Força Nacional!

Compartilhe com os amigos!
1Compartilhamentos

Desde as primeiras horas de Domingo (6), Manaus vive uma onda de incêndios à ônibus, micro-ônibus, tratatores da Prefeitura de Manaus, prédios públicos, carros particulares, órgãos municipais e estaduais e até mesmo a  unidades de saúde, como UBS e SAMU.

Apesar do maior foco estar nesse momento em Manaus, várias cidades do Amazonas também registraram incêndios criminosos, como o caso das cidades de Careiro Castanho, Iranduba, Manacapuru e Parintins.

Saiba porque Manaus está sendo incendiada e vai receber a Força Nacional!

Mas e por quê?

O motivo inicial foi devido a morte de um traficante chamado ‘Erick Batista Costa’, 30, o ‘Dadinho’, que morreu na noite do Sábado, em troca de tiros com policiais da Rocam (Ronda Ostensiva Cândido Mariano). Dadinho era um velho conhecido da Polícia, que praticamente todos os anos era preso.

De acordo com informações dos policiais, por volta de 20h eles receberam denúncia anônima via Whatsapp, relatando que um líder de uma facção criminosa estaria portando uma arma de fogo no local do fato.

A equipe deslocou ao endereço e conseguiu visualizar o suspeito com as características repassadas na denúncia. Ao perceber a presença da equipe ROCAM, fugiu para o interior da estância empunhando uma arma de fogo. A equipe, ao adentrar no local, foi recebida por disparos de arma de fogo, revidando aos tiros acabou por alvejar o criminoso. ‘Dadinho’ levou dois tiros e ainda chegou a ser socorrido e levado ao hospital, mas não resistiu aos ferimentos.

O Dadinho já havia sido preso e era tratado como líder respeitado por integrantes de facção criminosa do Amazonas. Inclusive, ele era um forte candidato à uma vaga de conselheiro do Comando Vermelho (CV) do Amazonas. Após a morte dele, o seu irmão, de dentro de um presídio onde compra vende, identificado como “Ton”, deu a ordem dos ataques da madrugada .

Dadinho comandava a área do tráfico nos bairros Novo Aleixo, São José, Coroado entre outros.

Os incêndios duraram o Domingo inteiro com ataques a diversos pontos, e inclusive, órgãos federais como a Caixa Econômica Federal e logradouros públicos municipáis recém-inaugurado, como a Bola das Letras, que não tinha ainda nem 4 dias completo que havia sido entregue a população Manauara. Isso fez com que o Prefeito David Almeida, fosse até o local e bastante emocionado e triste pela situação, pedisse apoio ao Governo Federal para que autorizasse a Garantia da Lei e da Ordem (GLO), pedindo apoio para que o Exército intervisse em Manaus e ajudasse a estagnar aquela situação que estava fora de controle.

Ainda no Domingo, por volta das 19h houve uma queima de fogos dos traficantes, no qual os membros da facção pediam justiça pelo Dadinho. Além disso, circulou nas redes Sociais algumas cartas/mensagens que teria sido o motivo pelos atos. Entre os motivos apontados, estava a possível participação do alto comando da Secretaria de Segurança Pública Estadual com uma suposta milícia dentro das polícias especializadas do Amazonas ROCAM e da Força Tática. Havia ainda uma suposta negociação do Dadinho com o Secretário Bonates e que o Dadinho estaria em busca dessa fita do Estacionamento de um Shopping da capital, na qual teria sido o dia que ele havia pago a quantia de 600 mil reais e mais 1,4kg de ouro e que a morte do Dadinho, no caso, teria sido um cala a boca.

Houveram algumas desinformações quanto à morte do Dadinho, na primeira notícia publicada, dava que ele havia sido executado no bairro da Redenção. Outros portais, que ele havia sido morto no bairro Novo Aleixo na rua Newton Vieralves, e também, houve informação de que ele teria sido morto na rua Itaetê, também no bairro Novo Aleixo. Outra coisa que chama bastante a atenção é que ele teria sido morto com apenas 2 tiros. Você já viu traficante morrer com apenas 2 tiros?

Nesta segunda-feira os ataques continuaram e inclusive, incendiaram o carro de um Tenente da Polícia Militar no bairro da Compensa, no local onde funcionava no período eleitoral o comitê do Capitão Carpê Andrade, que acabou se elegendo vereador de Manaus e hoje ocupa a Comissão Permanente de Segurança Pública. No local também foi deixado uma carta ameaçando-o. Logo após se pronunciar em entrevista à um portal local, o capitão revelou que membros do Comando Vermelho do Amazonas estariam pagando R$ 100.000,00 pela sua cabeça, o que na visão do capitão, é até um preço baixo.

Bom espero ter sintetizado à vocês e informado da forma mais clara o que está acontecendo em Manaus e assim que tivermos mais novidades quanto a isso, farei um próximo vídeo. Se vocês tiverem mais algumas dúvidas, peço que coloquem aqui nos comentários que eu vou tentar clarear para vocês e também gostaria que vocês comentassem se vocês acham que o Bolsonaro irá mandar a força nacional para Manaus ou será novamente omisso. Se você chegou aqui pela primeira vez e gostou desse vídeo, peço que você se inscreva no canal, ative a campa, porque assim, quando eu lançar o próximo vídeo, você será notificado… Vaaaleeeuu!

Comentários

Compartilhe com os amigos!
1Compartilhamentos

Sobre Marcus Pessoa

Sou manauense, graduado em Design de Interface Digital, pós-graduado em Marketing, Propaganda e Publicidade pela Laureate International Universities e mestrando em Design da Comunicação na Politecnico di Milano - Itália. Sou o idealizador do No Amazonas é Assim e em meu blog escrevo sobre Cidades Inteligentes, Marketing Digital, Curiosidades do Amazonas, Manaus de Antigamente além de dar minhas opiniões e Pitacos sobre coisas do cotidiano que interferem diretamente na vida de todos.

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados *

*

© Copyright 2013-2021, Todos os Direitos Reservados