26jul

Conheça os bancos verdes capazes de filtrar tanta poluição quanto 275 árvores

Em países extremamente desenvolvidos no quais a poluição ambiental também chegou, as ideias de despoluição precisam ser buscadas com urgência e por isso sempre teremos soluções para esse problema ambiental que atinge países como China, França, Inglaterra, etc, etc.

Em Londres, um projeto inovador que tem se destacado é o “CityTree”, da Green City Solutions. Seu inovador CityTree é um banco compacto que possui um filtro e foi criado para solucionar a poluição urbana. Ele ocupa apenas 1% do espaço que 275 árvores ocupariam, mas tem a mesma capacidade de limpeza do ar que todas elas juntas.

Londres instala bancos capazes de filtrar tanta poluição quanto 275 árvores

Londres instala bancos capazes de filtrar tanta poluição quanto 275 árvores

Leia Mais »

24jul

A Praça que despertava orgulho nos manauras está precisando de manutenção urgente!

Um dos parques mais bonitos que Manaus já teve, o Parque Senador Jefferson Péres, edificado em área de antiga invasão de palafitas que interferiam nos igarapés de Manaus e Bittencourt, dois tradicionais pontos urbanos da cidade de Manaus, está precisando de manutenção urgente!

O ambiente que é sinônimo de relaxamento, atividades físicas e momentos agradáveis no Centro de Manaus está se deteriorando e precisa que algo seja feito. Tanto o Playground “Casinha” destinado para crianças de 0 a 5 anos, quanto o Playground “Aventura” destinado para crianças de 5 a 10 anos, estão detonados.  Essas áreas super importantes para o lazer das crianças estão nessas condições da foto, impossibilitando assim que as crianças se divirtam e desfrutem do parque.

Parque Senador Jefferson Peres está detonado

Parque Senador Jefferson Peres está detonado

Leia Mais »

24jul

Tatuagem de Áries: Inspire-se com essas lindas tatuagens e conheça seus significados

Se você assim como eu é nascido entre 21 de março a 20 de abril,então você pertence ao signo de Áries. Este é o primeiro signo na casa do zodíaco e é representado pelo símbolo do carneiro. Os arianos são transparentes e frontais, não costumam guardar nada, expressam com total qualidade o que pensam e o que sentem. As pessoas do signo de áries tem uma personalidade muito forte. É um signo de fogo. Energia não falta.

Então você tem que levar tudo isso em consideração antes de fazer a escolha da sua tatuagem.  Os arianos são considerados apaixonados, ambiciosos, energéticos e impulsivos. Não é incomum para um ariano fazer as coisas por impulso, incluindo fazer uma tatuagem quando encorajado.

Se você está considerando fazer uma tatuagem de Áries, algumas informações que compartilharei aqui nesse post devem ajudá-lo a alinhar sua própria personalidade com os símbolos únicos que são tudo de Áries.  Vale lembrar que  a maioria das tatuagens de Áries é composta pelo mesmo princípio básico do design. Pelo seu valor nominal, o signo de Áries parece um V maiúsculo, mas tem pontas encaracoladas que simbolizam os chifres do carneiro.

Quando fui fazer minha primeira tattoo, tudo que eu queria fosse um simbolo que representasse a força de um ariano e o amor com que me faz tomar as decisões. Quem é de áries se entrega completamente no amor. Eu queria uma tatuagem que fosse tribal, mas com traços indígenas. No fim das contas, desenhamos a parte tribal que contém áries, um coração representando o amor e ao entorno, temos características maori com finais tribais.

A tatuagem Maori é como simbolizar a sua personalidade e a sua caminhada.  Em sua essência, cada tatuagem Maori é individual e não existe um desenho igual ao outro, apesar de poderem ser bem parecidos.

Inspirações para Tatuagens de Áries

Minha tatuagem de Áries junto ao coração.

Leia Mais »

21jul

Saiba qual era a cor original do Teatro Amazonas e suas mudanças até a cor atual

Nem sempre temos uma verdade absoluta. Nem tudo que vemos é ou sempre foi assim. O largo São Sebastião é um exemplo clássico do que há muitos anos atrás durante o mestrado conheci como “disneyficação das cidades“. A disneyficação seria a busca frenética, por “novas oportunidades” para as cidades, de modo que o espaço público abdique do seu papel fundacional, enquanto lugar de relação, de convivência e de troca de informação, para se assumir como um palco de eventos e fantasias.

A sua própria identidade é posta em risco, com a construção de monumentos artificiais, ou no caso do Largo, todo remodelado para parecer como se fosse originário, sendo que todos vimos o quanto o local estava abandonado e tomado por drogados, prostitutas e travestis, mas que hoje, graças a recuperação e ação política está revitalizado e serve a população.

Tenho minhas críticas sobre a disneyficação, mas nesse post específico, falarei sobre a cor do Teatro Amazonas e suas mudanças ao longo do século, até porque esse é um assunto que até hoje gera dúvida, qual é a verdadeira cor da fachada do Teatro Amazonas na sua inauguração e por que se mudou? E com a última reforma por que tem aquela cor dourada no fundo das letras e por que as escritas estão em azul? Mas as letras não eram brancas?

Para a inauguração do Teatro Amazonas, vieram da Europa famosas companhias teatrais.

Para a inauguração do Teatro Amazonas, vieram da Europa famosas companhias teatrais.

Leia Mais »

20jul

O dia em que um time de futebol de Manaus superou 44 mil torcedores na Arena da Amazônia

Tarde histórica em Manaus! Clima de Copa do Mundo foi o mais próximo que eu já havia testemunhado de algo como isso. Gente de todos os cantos indo em direção ao palco da decisão pela vaga da série C. Torcida única. Sem clubismo. Todos os torcedores dos outros times locais (Fast, Nacional, Penarol, Iranduba, Princesa do Solimões, entre outros) e de outros times nacionais em prol de um time local, em prol de um time que represente a força dos Times Amazonenses. Para a missão estava o Manaus FC.

Equipe do No Amazonas é assim no jogo decisivo entre Manaus FC x Caxias - RS, em Manaus

Equipe do No Amazonas é assim no jogo decisivo entre Manaus FC x Caxias – RS, em Manaus

Leia Mais »

19jul

Focada no combate de desperdício de alimentos, iniciativa de Prefeitura de SP já doou mais de 110t à instituições cadastradas

Uma iniciativa que era projeto piloto na cidade de São Paulo para combater o desperdício e promover o reaproveitamento dos alimentos que seriam descartados pelos feirantes, deu tão certo que agora o projeto será ampliado. A ideia é simples. Os alimentos que os feirantes não vendem (ou por cores diferentes, formas, ou não atraentes), eles jogavam fora, certo? Agora não mais devido uma iniciativa do poder público de SP.

A Prefeitura de São Paulo resolveu chamar para uma conversa esses empresários e lançou um projeto piloto chamado Programa Municipal de Combate ao Desperdício Econômico e Trabalho. De forma resumida, a cadeia do processo é a seguinte:

  • Os alimentos que não servem para a comercialização, mas servem para o consumo, são triados para a iniciativa da Prefeitura;
  • A Prefeitura por sua vez, tem uma lista de entidades cadastradas para receber essas doações de alimentos;
  • A Prefeitura recolhe essas frutas, legumes e verduras para as entidades assistenciais ;
  • A Prefeitura dá um selo de “Empresa Socialmente Responsável” aos empresários/empreendedores.
  • Os empresários ostentarão esse selo e mostrarão para seus clientes que são empresas comprometidas com o combate ao desperdício e que doam o que não vendem para entidades que necessitam.
  • Ao invés desses alimentos irem parar em lixões, vão parar na mesa de quem tem fome.
Por conta disto, a experiência começa exatamente na feira de rua, onde aqueles alimentos, mesmo em boas condições, não são comprados pela população por estarem feios, assimétricos ou com partes machucadas.

Por conta disto, a experiência começa exatamente na feira de rua, onde aqueles alimentos, mesmo em boas condições, não são comprados pela população por estarem feios, assimétricos ou com partes machucadas.

Leia Mais »

16jul

Não deixe de conferir a exposição “Vida em Cores” do artista amazonense Rui Machado

O Museu Amazônico da Ufam, localizado na Av. Ramos Ferreira, 1036, no Centro de Manaus,  desde 9 de maio até a próximo sexta-feira 19 de julho, está recebendo a exposição “Rui Machado: uma trajetória de cores”, com itens da produção do artista amazonense, acervos pessoais que foram doados para o Museu e muitos objetos pessoais do Rui Machado, um artista amazonense de expressão nacional e internacional .

O Museu Amazônico tem entrada gratuita e funciona em uma casa colonial próximo ao Centro Educacional Adalberto Valle, Instituto Benjamim Constant, naquela área alí.  A visitação é aberta ao público em geral e ocorre de segunda a sexta, das 8h30 às 11h30 e das 13h30 às 16h30.

Sobre a exposição, ela reúne parte do acervo pessoal do Rui Machado em seus 37 anos dedicados à arte, na qual a principal característica da arte do Rui é a amazoneidade sempre presente, seja nas cores vibrantes, seja nas texturas da floresta e emaranhados de identidade cultural típica do povo da Floresta.

Vale ressaltar que o artista não tem obras de arte somente na pintura, mas também em poesias, letras de músicas e esculturas. Ou seja, um artista versátil que é considerado um patrimônio de nossa terra que muito me orgulha em ter amizade.

eu com meu amigo Rui Machado / Foto : Tahan Almeida

eu com meu amigo Rui Machado / Foto : Tahan Almeida

Leia Mais »

15jul

Quem tem medo do lobo mau? Amazonino lidera pesquisa “vazada” ao mesmo tempo que tem a maior rejeição

O ex-prefeito de Manaus, ex-senador do Amazonas e ex-governador do Estado do Amazonas, Amazonino Mendes, voltou a ser lembrado pelo Ronaldo Tiradentes, uma pessoa que tem a história ligada intimamente ao todo poderoso “Negão”.

Dessa vez, Amazonino Mendes (PDT), aparece liderando uma pesquisa divulgada pela DMP/Tiradentes nesta segunda-feira (15), na qual mostra que a decisão pela Prefeitura de Manaus ficará para o segundo turno. Neste cenário, Amazonino Mendes (PDT) lidera e a outra vaga é disputada acirradamente pelo David Almeida (AVANTE), e pelo José Ricardo ( PT), o senador Eduardo Braga (MDB) ainda aparece em 4º com chances de brigar na disputa.

O mais cômico disso é que no blog do próprio jornalista, o resultado até então havia sido dado como “pesquisa vazada”. É mole? A pessoa prepara a pesquisa, e depois publica no próprio blog que a “pesquisa foi vazada”…. No Amazonas é assim.

Print do Blog do Ronaldo Tiradentes em 15/07/19 / Reprodução

Print do Blog do Ronaldo Tiradentes em 15/07/19 / Reprodução

Leia Mais »

15jul

Congelar o salário dos servidores públicos é decisão de fato dos deputados estaduais do Amazonas

Na última sexta-feira, durante os trabalhos na Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas, os deputados estaduais tiveram que votar o projeto nº 84/2019 que fixa o teto de gastos públicos e congela, inclusive, os salários dos professores, servidores da saúde e da segurança pública do Estado até agosto de 2021.

A fixação de teto de gastos é considerada pelo Governo, conforme mensagem enviada à ALE-AM, uma medida necessária para enfrentar o crescimento de despesas muito acima da receita estadual em 2017 e 2018, mantendo-se em 2019 em razão, principalmente, da evolução dos gastos com pessoal.

Ainda segundo o governo, esse aumento é decorrente de leis aprovadas em 2018, concedendo promoções de servidores e pagamento de datas-bases com parcelas a serem cumpridas em 2019, sem previsão orçamentária para tal.

Ou seja, o Governo enviou uma mensagem à ALE-AM para que os deputados estaduais levassem em consideração congelar o teto dos gastos do Estado. Assim, pedindo autorização para tal fato. Entre o congelamento, está o congelamento do salário dos servidores públicos até 2021. Isso porque sozinho o Governo do Estado não pode tomar tal atitude e por isso, precisa submeter à Assembleia para votação.

Às vésperas da votação, o vice-governador do Amazonas, Carlos Alberto Almeida Filho (PRTB) se reuniu novamente com os deputados para dizer que o governo atua em várias frentes para buscar o equilíbrio das contas depois que herdou R$ 3 bilhões em déficit e dívidas das mãos de Amazonino Mendes (PDT).

Em foto divulgada, dá pra ver como os deputados estavam atentos na conversa com o vice-governador  que tentava explicar pros mesmos a necessidade da aprovação desse pacote.

Vice-governador Carlos Almeida se reuniu nesta quinta-feira, 11, com deputados, a espera da votação do pacote de medidas do governo (Foto: Secom/Divulgação)

Vice-governador Carlos Almeida se reuniu nesta quinta-feira, 11, com deputados, a espera da votação do pacote de medidas do governo (Foto: Secom/Divulgação)

Leia Mais »

14jul

Prefeitura de Manaus marca golaço ao socorrer o Bosque da Ciência / INPA que havia anunciado encerramento da visitação pública

Em comemoração aos 40 anos do  Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (Inpa), uma das mais importantes instituições de pesquisa da Amazônia, foi criado o Bosque da Ciência, em 1995. A ideia desse espaço público era simples: abrir as portas para a população e aproximar as pessoas da produção científica. E assim sempre foi. Anualmente, cerca de cem mil pessoas visitam o espaço.

Nesta semana fomos surpreendidos com a notícia de que apesar de todo esforço feito, Bosque da Ciência em Manaus não terá mais visitação pública. Isso se deu, porque de acordo com informações da coordenadora de Extensão do Inpa, a pesquisadora Rita Mesquita, há uma necessidade de reformulação do funcionamento do Bosque da Ciência em função do reduzido quadro de servidores para fazer atendimento no espaço.

Para manutenção das atividades e cobertura dos mais de 20 atrativos, o bosque conta com o auxílio de estagiários curriculares (estágio obrigatório da Instituição de Ensino) de cursos técnicos e de graduação das áreas ambiental e de turismo, que variam conforme o período.

Além da falta de pessoas, pequenos atos de vandalismo têm acontecido no espaço. Logo, para tentar resguardar a integridade do bosque até que se tenha condições de funcionar com regularidade, as visitações abertas ao público estavam suspensas.

A entrada custa R$ 5, mas crianças, idosos e grupos escolares e sociais agendados não pagam. O valor arrecadado é depositado numa conta do governo Federal e não tem retornado para o bosque, que funciona de terça a domingo e às segundas-feiras é fechado para manutenção. O bosque recebeu no ano passado cerca de 100 mil visitantes, cerca de 70% de forma gratuita.

Então os motivos principais para o encerramento das atividades abertas ao público eram :

  • Falta de funcionários/estagiários;
  • Tentar resguardar o bosque de pequenos vandalismos, justamente por não ter tanta gente pra controlar os 13 hectares do Bosque;
  • Falta de recurso para contratar pessoas, uma vez que o Governo Federal não estava retornando o dinheiro do Bosque para o Bosque.
Bosque da Ciência – INPA

Bosque da Ciência – INPA

Leia Mais »

12jul

‘Jardins de Chuva’ para diminuir o impacto das águas pluviais nos esgotos como parte de um Programa de Infraestrutura Verde

Durante as fortes chuvas, não demora muito para que Manaus esteja completamente inundada. A combinação entre o falho sistema de escoamento das águas pluviais e o excesso de chuva provocado pela umidade da nossa cidade, faz com que em poucos minutos as ruas fiquem intransitáveis e doenças como leptospirose possam ser facilmente contraída.

Infelizmente a incompetência política e a falta de um planejamento urbano sério e eficaz faz com que padecemos sem quaisquer propostas de solução para esses eventos repetitivos. As casas alagam, as pessoas sofrem, ás águas inundam as galerias e depois toda essa sujeira é lançada em nossos rios. Aquela água suja evapora e temos um ciclo da água completo, com muita probabilidade de chuvas ácidas.

Na cidade de Nova Iorque, nos Estados Unidos, um Programa de Infraestrutura Verde, lançado em 2012, previu a instalação de “jardins de chuva”. Esses pequenos bolsões de verde absorvem e retêm as águas pluviais, ajudando a mitigar as inundações e a proteger a qualidade da água em todos os canais da cidade tornando-se um plano de infraestrutura verde. Após os primeiros testes, evoluiu de projetos-piloto para um sistema municipal.

Um “jardim de chuva” instalado pelo Departamento de Proteção Ambiental de Nova York como parte de seu Programa de Infraestrutura Verde. / Foto : Jules Slütsky and Ginger Strand

Um “jardim de chuva” instalado pelo Departamento de Proteção Ambiental de Nova York como parte de seu Programa de Infraestrutura Verde. / Foto : Jules Slütsky and Ginger Strand

Leia Mais »

© Copyright 2013-2019, Todos os Direitos Reservados