• Home
  • Marketing Digital
  • O alcance do Facebook está cada vez menor, minha empresa deveria abandonar o Facebook?

O alcance do Facebook está cada vez menor, minha empresa deveria abandonar o Facebook?

Compartilhe com os amigos!
5Shares

A primeira vista pode parecer uma pergunta fácil de ser respondida, mas separe alguns minutinhos para ler meu ponto de vista e então tome sua decisão.

Facebook, I want my friends back!

Facebook, I want my friends back!

Dia após dia percebemos que o alcance do Facebook está cada vez menor. Isso tudo é por conta da sua estratégia de alavancar as vendas do Facebook ADS (seu sistema de anúncios interno). Quem tem dinheiro paga, quem não tem tenta a sorte.

Com isso, muitas empresas começam a abandonar a rede. Mas a pergunta que não quer calar é: O alcance do Facebook está cada vez menor, minha empresa deveria sair do Facebook?

Antes de você tomar essa decisão, analise os números fornecidos pelo próprio Facebook.  No fim de 2013, a rede possui 1,23 bilhão de usuários ativos – 6,12 milhões são do Brasil, que ocupa o 3º lugar da lista.

A rede também tem constantemente atualizado suas funções. Entre as modificações, temos:

  • Punições para conteúdo irrelevante – conhecido como like-baiting (ou bloqueador de curtidas, na tradução livre);
  • Ampliaram o tamanho de seus anúncios;
  • Pagamentos online;

Explore o Facebook como “direcionador” de visita para seu site. Um estudo publicado pela Shareoholics mostrou que a rede é responsável por 21,25% dos visitantes dos 300 mil sites analisados. Isso significa que, por mais que o Facebook tenha limitado o alcance das páginas, a interação social é importante – e você vai querer que as pessoas continuem compartilhando seu conteúdo.

O recomendado é não sair agora, mas expandir suas redes. Mas, em que rede investir?

Especialistas acreditam que 2014 é o grande ano para o Google +, graças às funcionalidades práticas para o usuário (como o Hangouts, ferramenta de vídeo que permite conversas com até 10 amigos) e sua influência no ranking de buscas do Google;

O Instagram já tem adequado a rede para as empresas, inclusive planejando seu sistema de anúncios;

O Twitter tem modificado seu sistema de mensuração de métricas e perfil, de olho nos fãs e empresas que saíram da rede;

O Linkedin já passa de 300 milhões de usuários no mundo, sendo o Brasil o 3º país com maior número de cadastrados – isso sem citar o Tumblr e o Pinterest, redes com propostas extremamente interessantes que tem crescido timidamente no Brasil.

Diversifique sua atuação para não correr o risco de ficar para trás. Não vire escravo de uma rede social. Atraia seus seguidores para o seu site e mantenha-os fiel ao seu conteúdo.

As redes sociais possuem um ciclo de vida, cada vez mais se aproxima o final do ciclo do Facebook.

Analise isso que foi dito aqui, e então você prepare o seu terreno e se torne presente em outras redes para a possível morte do Facebook – lembrando que toda rede social tem seu tempo de vida. Quem poderia prever a morte do Orkut e que a rede social seria atropelada pelo Facebook?

Compartilhe com os amigos!
5Shares

Sou o idealizador do No Amazonas é Assim. Em meu blog escrevo sobre Marketing Digital, Conteúdos Criativos, Empreendedorismo, Manaus de Antigamente além de dar minhas opiniões sobre Política e outras coisas mais.

Comentários