Essas são as tendências no marketing digital para 2020 – Marcus Pessoa
13jan

Essas são as tendências no marketing digital para 2020

Compartilhe com os amigos!
3Compartilhamentos

A tecnologia transformou o mundo em uma vila global em termos de conectar pessoas de diferentes países e culturas. Na era digital, compartilhar informações é mais fácil do que nunca. A cada ano, novas ferramentas e tecnologias surgem e o cenário do marketing digital se revolucionou em pouquíssimo tempo. Agora, os profissionais podem escolher entre uma variedade de opções para se conectar a novos públicos, promover seus produtos ou criar lealdade à marca. Algumas das novas tendências do marketing digital neste novo ano são:

Fonte: Unsplash.com

Chatbots

Muitas empresas continuarão usando chatbots, programas de software eficazes que interagem com visitantes e clientes do site. Os chatbots se comunicam naturalmente com as pessoas que visualizam o site e podem responder suas perguntas em tempo real. Eles usam interações verbais ou janelas de bate-papo para ajudar os usuários a encontrarem o que estão procurando.

Contratar um indivíduo para monitorar e se comunicar com os visitantes do seu site pode ser caro, mas os chatbots economizam custos, respondendo a perguntas comuns em seu nome. Os clientes tendem a apreciar o serviço personalizado e respondem rapidamente às suas perguntas.

Mais marcas usarão aplicativos de mensagens privadas para se conectar

Muitas empresas começarão a mudar seu foco sobre como usar melhor os aplicativos de mensagens privadas. Aplicativos para smartphone como WhatsApp, Viber e WeChat já ganharam enorme popularidade. Em vez de usar e-mails, as empresas de ponta estão adotando o uso de aplicativos particulares e de grupos de mensagens para chegar a seu público.

“As principais marcas já estão passando por experiências na monetização de aplicativos de mensagens e, em breve, os clientes poderão pagar pelos produtos diretamente através de aplicativos de mensagens. Enviar e receber dinheiro será muito mais fácil”, conta a engenheira Luiza Ferreira, editora de informática do site Reviewbox.

Alguns aplicativos como o WeChat Pay já fizeram progressos significativos para facilitar o pagamento on-line. Os usuários do WeChat, Venmo e PayPal já estão adquirindo o hábito de usar esses tipos de aplicativos para transferir dinheiro para seus colegas.

A personalização irá além do primeiro nome

Muitas empresas estão se interessando pela personalização, mas apenas algumas se destacam. Gigantes como Amazon, Netflix, Nike e Spotify têm os dados e capacidade analítica para desenvolver experiências altamente personalizadas. Os clientes recebem mensagens relevantes no momento e local certos – e adoram.

A Amazon expandiu seus negócios analisando o comportamento dos clientes e promovendo produtos com base em suposições inteligentes e no histórico de compras anteriores do usuário. O site mostra os produtos nos quais uma pessoa pode se interessar, oferecendo artigos similares ou complementares em uma seção de recomendações e passou a faturar mais com a técnica.

Transparência em primeiro lugar

As empresas que oferecem informações transparentes e fáceis de digerir provavelmente retêm mais clientes e como seu negócio lida com os dados particulares dos usuários é vital para o seu sucesso. Em 2018, a política de GDPR (lei de proteção de dados) foi aplicada de maneira mais ativa na Europa para garantir que as empresas manuseiem os dados dos clientes de maneira transparente. Isso significa que haverá mais ênfase nisso no futuro: será necessário que as empresas sejam completamente transparentes quanto ao tipo de informação que está sendo compartilhada para promover seus produtos.

Compartilhe com os amigos!
3Compartilhamentos

Sobre Marcus Pessoa

Sou o idealizador do No Amazonas é Assim. Em meu blog escrevo sobre Marketing Digital, Conteúdos Criativos, Empreendedorismo, Manaus de Antigamente além de dar minhas opiniões sobre Política e outras coisas mais.
Comentários
© Copyright 2013-2020, Todos os Direitos Reservados