Tag: Galãs Feio

16mar

Quem chamar Bolsonaro de Genocida será processado?

Em 04 de junho de 2020, O presidente Jair Bolsonaro afirmava que “liberdade de expressão tem que valer para todo mundo”. A declaração ocorreu em resposta a um apoiador que, na porta do Palácio da Alvorada, disse que o mandatário deveria processar críticos que se referem a ele como “genocida”.

“Se o cara me chama de fascista por exemplo e eu processo, não acontece nada. Se eu chamo ele de fascista, levo R$ 20 mil no ombro. Não adianta, minha taxa de sucesso é próxima de zero. E outra coisa: se é liberdade de expressão, tem que valer pra todo mundo”, respondeu Bolsonaro. A fala foi transmitida no perfil do presidente no Facebook.

As coisas mudaram em 2021, e isso ficou muito acentuado desde que o deputado federal bolsonarista Daniel Silveira (PSL-RJ) foi preso pela Polícia Federal (PF) na noite de 16/02, muita coisa rolou e principalmete, abriu-se como previsto uma janela para que todos se controlassem nos discursos acalorados para não sofrerem sanções das leis. O parlamentar se envolveu em uma polêmica ao atacar os ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) e além disso já era investigado no inquérito que mira o financiamento e organização de atos antidemocráticos em Brasília. Em junho, ele foi alvo de buscas e apreensões pela Polícia Federal e teve o sigilo fiscal quebrado por decisão do ministro Alexandre de Moraes. Em depoimento, o parlamentar negou produzir ou repassar mensagens que incitassem animosidade das Forças Armadas contra o Supremo ou seus ministros.

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) disse no último 08/03 que considera “um crime” ser chamado de genocida devido à situação da pandemia de coronavírus no Brasil.

Como uma forma de retrucar, Carlos Bolsonaro processou Felipe Neto e Bruna Marquezine por chamar Bolsonaro de Genocida. Leonardo Rodrigues de Jesus, o Léo Índio, primo dos filhos do Bolsonaro e amigo íntimo do Carlos Bolsonaro processou o canal do YouTube Galãs Feios que fez um vídeo humorístico sobre sua vida há dois anos atrás. Twitter suspendeu a conta do professor e militante do PSOL Daniel Cara também após chamar Bolsonaro de genocida e Eduardo Bolsonaro processou o prof. Paulo Ghiraldelli Jr., filósofo social-progressista, autor do livro, A Filosofia Explica Bolsonaro.

O que eles têm em comum? Ofensas à família Bolsonaro.

Leia Mais »

© Copyright 2013-2021, Todos os Direitos Reservados