Câmara Municipal de Manaus – Marcus Pessoa

Assunto: Câmara Municipal de Manaus

22dez

Na última sessão do ano vereadores de Manaus aumentam número de assessores e o famoso Cotão em 83%

Na última sessão do ano, vereadores de Manaus aprovaram aumento de 83% na verba de gabinete além do número de assessores em 50%, passando de 30 para 45. A CMM gasta R$ 8,67 milhões por ano com o cotão. Agora, o valor sobe para R$ 15.881.304 por ano. A despesa não depende da sanção do prefeito David Almeida, pois como trata-se de um poder independente, eles votam o salário, os assessores, as despesas e tudo que possa beneficiá-los. Eis a importância real de um vereador correto e não viciado em esquemas de rachadinhas.

MANAUS, 01/01/21
VEREADOR DAVID REIS (AVANTE) FOI ELEITO PARA PRESIDIR A CAMARA MUNICIPAL DE MANAUS NO BIENIO 2021-2022.
FOTO: ROBERVALDO ROCHA / CMM

Saiba Mais »

7out

Vereadores de Manaus decidem abafar requerimento de Chico Preto que pedia explicações sobre uso de carro da Prefeitura em cena de crime

Sabe o que é um absurdo sem tamanho? É ver a Câmara Municipal de Manaus apática sobre o caso Flávio. Tanta coisa errada. Tantas explicações mal dadas. Tantas informações desencontradas e pra completar, uma bancada de vereadores acovardada. Sim, isso é um caso de polícia, mas tem muita politicagem barrando as ações policiais e sem contar os privilégios dados ao principal suspeito.

Um crime macabro que começou como um B.O, no qual supostamente bandidos encapuzados haviam sequestrado o engenheiro Flávio, se tornou o caso mais novo assunto policial do Estado do Amazonas. Conforme a semana e as investigações iam se desenrolando, ia ficando cada vez mais claro os indícios do enteado do Prefeito Artur Neto, Alejandro Valeiko (filho da primeira dama Elizabeth Valeiko), que por sinal, foi o primeiro a deixar Manaus ainda na mesma madrugada do crime.

Todos os integrantes da festa foram presos, com exceção do filho da Elizabeth Valeiko. Este, protegido até os dentes, passou mais de 7 dias até se apresentar à polícia. Quando foi preso, foi dado prisão domiciliar e pra nossa alegria, foi revogada a decisão da domiciliar e ele foi encaminhado à prisão ‘normal’.

Os vídeos do circuito-interno foram enfáticos em mostrar funcionários da Prefeitura de Manaus usando carro da Prefeitura de Manaus e que participaram da cena do crime, e pior, supostamente removeram do local o corpo do engenheiro Flávio. Tal fato, fez com que o vereador Chico Preto questionasse a  participação do servidor Elizeu da Paz de Souza entrando no condomínio onde Flávio Rodrigues teria sido morto.

Vereadores de Manaus decidem abafar requerimento de Chico Preto que pedia explicações sobre uso de carro da Prefeitura em cena de crime

Vereadores de Manaus decidem abafar requerimento de Chico Preto que pedia explicações sobre uso de carro da Prefeitura em cena de crime

Saiba Mais »

© Copyright 2013-2022, Todos os Direitos Reservados