Na última sessão do ano vereadores de Manaus aumentam número de assessores e o famoso Cotão em 83% – Marcus Pessoa
22dez

Na última sessão do ano vereadores de Manaus aumentam número de assessores e o famoso Cotão em 83%

Compartilhe com geral!
16Compartilhamentos

Na última sessão do ano, vereadores de Manaus aprovaram aumento de 83% na verba de gabinete além do número de assessores em 50%, passando de 30 para 45. A CMM gasta R$ 8,67 milhões por ano com o cotão. Agora, o valor sobe para R$ 15.881.304 por ano. A despesa não depende da sanção do prefeito David Almeida, pois como trata-se de um poder independente, eles votam o salário, os assessores, as despesas e tudo que possa beneficiá-los. Eis a importância real de um vereador correto e não viciado em esquemas de rachadinhas.

MANAUS, 01/01/21
VEREADOR DAVID REIS (AVANTE) FOI ELEITO PARA PRESIDIR A CAMARA MUNICIPAL DE MANAUS NO BIENIO 2021-2022.
FOTO: ROBERVALDO ROCHA / CMM

Claro que isso gerou repecussão negativa e foi assim que Manaus acabou parando mais uma vez no cenário nacional como exemplo negativo de políticos. Vale ressaltar que a matéria foi votada em caráter de urgência, sendo assim, não teve as discussões necessárias que deveria ter na Câmara Municipal de Manaus.

Mas claro que isso não vai ficar assim, pois o Comitê do Amazonas de Combate à Corrupção quer o cancelamento do aumento do cotão dos vereadores de Manaus. O pedido consta em protocolo enviado ao Ministério Público do Amazonas (MP-AM), na última segunda-feira (20), contra o aumento do valor mensal da cota, aprovado pelos vereadores na semana passada.

Para os coordenadores do Comitê, a Mesa Diretora da CMM, mesmo em meio à pandemia da covida-19, vem agindo para majorar os seus benefícios. Eles lembram que em 2020 a CMM aumentou o salário dos vereadores, e agora o cotão.

Na visão dos coordenadores, o presidente da Câmara agiu contra o princípio da moralidade da administração, porque não levou em consideração o momento social, econômico e sanitário do país.

Se vai dar em alguma coisa? Acompanhemos as cenas dos próximos capítulos.

A mudança já passa a vigorar agora mês que vem. Apenas os vereadores Rodrigo Guedes (PSC), Carpegiane Andrade (Republicano), Amom Mendel (sem partido) e Raiff Matos (DC) votaram contra o aumento da Ceap e do auxílio-refeição. Na atual legislatura, apenas o vereador Amom abriu mão de usar o cotão.

Compartilhe com geral!
16Compartilhamentos

Sobre Marcus Pessoa

Sou manauense, graduado em Design de Interface Digital, pós-graduado em Marketing, Propaganda e Publicidade pela Laureate International Universities e mestrando em Design da Comunicação na Politecnico di Milano - Itália. Sou o idealizador do No Amazonas é Assim e em meu blog escrevo sobre Cidades Inteligentes, Marketing Digital, Curiosidades do Amazonas, Manaus de Antigamente além de dar minhas opiniões e Pitacos sobre coisas do cotidiano que interferem diretamente na vida de todos.

Deixe uma Resposta

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

*

© Copyright 2013-2022, Todos os Direitos Reservados