19mar

Conheça a história do meme “Se eu trabalhasse na Farmácia” que está viralizando nas redes sociais

Compartilhe com os amigos!
0Shares

Sem dúvida, um dos vídeos que mais tem sido compartilhado recentemente nas redes sociais e que virou meme. Mas o que pouca gente sabe é a história por trás do meme. Sou Marcus Pessoa e no vídeo de hoje vou falar pra vocês sobre o vídeo do jovem que aparece como caixa em uma loja vendendo preservativo e que está viralizando…

Conheça a história do meme "Se eu trabalhasse na Farmácia" que está viralizando nas redes sociais

Conheça a história do meme “Se eu trabalhasse na Farmácia” que está viralizando nas redes sociais

As imagens se tornaram virais rapidamente graças à reação engraçada que o trabalhador da rede Oxxo teve quando um cliente comprou uma caixa de preservativos.

No vídeo um jovem atendente olha com malícia pras compras de um cliente e faz a sinalização que tornou-se marca registrada do vídeoooo “Huuummmm”…

Após isso criaram diversos memes nas redes sociais sempre colocando
O vídeo, gravado em outubro de 2020, tornou-se viral porém somente agora em março de 2021.

Aliás, logo que viralizou, as perguntas mais repetidas entre os internautas eram justamente essas: quem é o protagonista do clipe, quantos anos ele tem e por que trabalha como caixa de supermercado se à primeira vista se percebe que é menor de idade?

Essas perguntas foram respondidas pela rede mexicana OXXO e eles explicaram que o nome do menino é Elias Luzanilla, de 12 anos e o vídeo foi gravado no México. Elias é filho de um dos funcionários da Oxxo, e óbvio, ele não tem vínculo empregatício com a Oxxo.

“Esse tipo de ação vai contra a nossa filosofia, valores e código de conduta, por isso as medidas necessárias estão sendo tomadas para que não aconteçam novamente. Desta forma, reiteramos o nosso compromisso com os colaboradores e clientes ”, indica a comunicação da Oxxo.

O vídeo do Elias, apesar de parecer um vídeo casual, foi um vídeo encenado justamente para se tornar viral. Ele foi compartilhado pelo usuário Daniel Morales no Youtube e Tik Tok . O vídeo completo ,no canal original, possui 12,5 milhões de visualizações

O vídeo do Elias com o Daniel Morales não é o único deles juntos, até porque, o Daniel trabalha na loja e como o Elias era filho de uma funcionária, volta e meia eles gravavam algo juntos
Como esse outro vídeo no qual Elias mentalmente deseja que o caixa se abra para que ele seja atendido…

Assim como tudo que viraliza, o Eliás ganhou também um pack no Whatsapp e inúmeras formas de memes. Tanto em formas de vídeo, quanto em formas de imagens engraçadas.

Assim como tudo tem o lado positivo e negativo, a empresa preferiu demitir a mãe do Elias, para que situações como essa não voltem a ocorrer. Assim, foi. É possível ver um outro vídeo no qual ele fala que não voltará mais à Oxxo…
Desde então, ele criou um canal próprio no TikTok e os links estarão todos aqui nos comentários do vídeo
E é isso, espero que vocês tenham gostado e se inscrevam no canal para que ele cresça cada vez mais. Aqui trato sobre cultura digital e histórias por trás dos memes. Não se esqueça de deixar o like e ativar a campa porque assim, quando eu fizer o próximo vídeo, você será notificado… Valeeuuu

Assista o vídeo e Conheça a história do meme “Se eu trabalhasse na Farmácia” que está viralizando nas redes sociais

Comentários

Compartilhe com os amigos!
0Shares

Sobre Marcus Pessoa

Sou manauense, graduado em Design de Interface Digital, pós-graduado em Marketing, Propaganda e Publicidade pela Laureate International Universities e mestrando em Design da Comunicação na Politecnico di Milano - Itália. Sou o idealizador do No Amazonas é Assim e em meu blog escrevo sobre Cidades Inteligentes, Marketing Digital, Curiosidades do Amazonas, Manaus de Antigamente além de dar minhas opiniões e Pitacos sobre coisas do cotidiano que interferem diretamente na vida de todos.

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados *

*

© Copyright 2013-2021, Todos os Direitos Reservados