28out

Aplicativo português “Stay Away Covid” ajuda na quebra da cadeia de contágio da Covid-19

Um aplicativo português tem ajudado e muito a população a se manter saudável e longe do Coronavírus. Isso porque o app STAYAWAY COVID visa auxiliar no rastreio e na quebra das cadeias de transmissão da COVID-19 em Portugal.

O objetivo do app é simples : Alertar para possíveis exposições de risco à doença através da proximidade física com aqueles que testaram positivo e o tenham comunicado através do aplicativo.

Aplicativo português "Stay Away Covid" ajuda na quebra da cadeia de contágio da Covid-19

Aplicativo português “Stay Away Covid” ajuda na quebra da cadeia de contágio da Covid-19

Basicamente funciona assim : O aplicativo rastreia todos que estiveram próximos através do Bluetooth, e quando alguém notifica no app que testou positivo, um alerta é enviado a todos que estiveram no raio para que procurem uma unidade de saúde.

O STAYAWAY COVID recorre a um modelo descentralizado de processamento e armazenamento de dados e à tecnologia bluetooth, neste caso BLE – Bluetooth Low Energy (que consome pouca bateria), não fazendo uso de GPS. Porém, nos dispositivos Android é necessário ativar os Serviços de Localização apesar de não ser recolhida essa informação de localização.

O tratamento dos dados é da responsabilidade da Direção-Geral da Saúde, respeitando a legislação europeia e nacional.

Além disso, é utilizado ainda o sistema de Notificação de Exposição Google-Apple (GAEN) que é responsável por assegurar o rastreio de proximidade através de bluethooth. A utilização deste sistema da Google e da Apple é um dos principais motivos de controvérsia desta aplicação uma vez que, ao contrário do restante código fonte da aplicação, o mesmo não é aberto e por isso não é passível de escrutínio, havendo ainda o risco de sofrer modificações por decisão unilateral.

Veja o infográfico abaixo que detalha como funciona o app.

StayAway COVID – infografia que ilustra o funcionamento da aplicação “StayAway COVID”

Quando alguém é diagnosticado com a doença recebe um código que pode introduzir no app. Automaticamente será dado um alerta através de notificação àqueles que possam estar em risco, ou seja, àqueles que, nos últimos 14 dias, tenham estado a menos de 2 metros de distância da pessoa infectada por mais de 15 minutos.

Ao conhecer o risco de contágio, o usuário pode tomar as devidas ações. Quanto mais pessoas utilizam o app, mais a eficácia será.

A instalação é voluntária e o anonimato é garantido pela utilização de identificadores aleatórios, não sendo recolhidos dados pessoais para evitar a identificação dos utilizadores ou a sua localização.

Abaixo as telas do app

Menu do App

Local onde se insere o código do resultado positivo

Ativação do rastreio para poder emitir as informações

Notificações enviadas

Termo de Consentimento

Assim que Cidades Inteligentes tratam as coisas. Tecnologia aliada à população para organizar e auxiliar no bem estar populacional. Infelizmente no Amazonas estamos muito longe disso. 2ª onda voltando e nenhuma providência tecnológica tomada para de fato auxiliar a população no controle da pandemia. Absolutamente nada.

Comentários

Compartilhe Esse Post!

Sobre Marcus Pessoa

Sou o idealizador do No Amazonas é Assim. Em meu blog escrevo sobre Cidades Inteligentes, Marketing Digital, Manaus de Antigamente além de dar minhas opiniões sobre Política e assuntos relacionados ao mundo digital.

Deixe uma Resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

© Copyright 2013-2020, Todos os Direitos Reservados