Vancouver pavimenta ruas com plástico reciclado

Normalmente, lixos nas ruas são vistos como características negativa na maioria das cidades, mas na cidade canadense de Vancouver, lixos são transformados em uma maneira positiva. A cidade, está tentando se tornar a mais verde do mundo até 2020 e entre um dos seus planos, está incluir garrafas pets recicladas no asfalto.

Vancouver ruas pavimentadas com plástico reciclado

Gregs Landscaping, via Flickr

A última decisão que o Conselho da Cidade tomou impressionou a todos. Com a ajuda da empresa GreenMantra, diversas ruas da cidade estão sendo pavimentadas com plástico reciclado. Assim, as garrafas de água, embalagens de iogurte e sacolas plásticas não acabam em lixeiras, mas sim são trituradas e derretidas para serem misturadas com o asfalto tradicional.

Vancouver ruas pavimentadas com plástico reciclado

Asfalto tradicional misturado com plástico reciclado

Se no processo comum de fabricação de asfalto são necessárias temperaturas elevadas (160 ºC) para fundir os materiais, no caso do plástico reciclado isso não é necessário porque é convertido em uma cera que se adere facilmente no asfalto em um ambiente mais frio, o que reduz em 20% o consumo de combustível durante a elaboração da mistura. Além disso, esse processo permitirá que os trabalhos não sejam suspendidos durante o inverno.

Vancouver ruas pavimentadas com plástico reciclado

Via gizmag.com

Segundo Peter Judd, engenheiro da Prefeitura, esta diminuição de combustível não apenas se traduz em uma ganhos econômicos, mas também que evitará que se gerem 300 toneladas por ano de gases que contribuem para o efeito estufa. Durante a pavimentação com plástico, diminui a quantidade de vapores que são liberados na atmosfera para que se fixe o asfalto.

Dentro de alguns meses não será mais necessário arrumar nivamente as ruas, porque a cera que se produz a partir do plástico evita o envelhecimento dos óleos presentes na mistura. Por hora, o plástico reutilizado é trazido desde a cidade de Ontário, mas as autoridades esperam que em breve se possa obter essa matéria prima da própria cidade de Vancouver.

Ainda que esse tipo de pavimentação tenha um custo cerca de três vezes maior que o comum, reflete um esforço e compromisso por parte das autoridades em implementar políticas “verdes” que permitam catalogar a cidade em 2020 como a mais verde do mundo. Para envolver os cidadãos, seria ótimo implementar um plano de reciclagem que se removesse o plástico – e esperamos que outros materiais que podem ser reutilizados – da casa de cada família.

Vancouver ruas pavimentadas com plástico reciclado

Cortesia de Plataforma Urbana

Comentários

Sou manauense, graduado em Design de Interface Digital, pós-graduado em Marketing, Propaganda e Publicidade pela Laureate International Universities e mestrando em Design da Comunicação na Politecnico di Milano - Itália. Sou o idealizador do No Amazonas é Assim e recebi o Prêmio Top Empreendedor nas Américas, além da Comenda da Cruz do Reconhecimento do Mérito do Empreendedorismo e a Cruz do Mérito da Amazônia, ambas as comendas outorgadas pela pela Câmara Brasileira de Cultura. Me interesso por Marketing Digital, Mídias Sociais, Branding, Gestão de Conteúdos Web, Turismo Cultural, Manaus de Antigamente além de Políticas Criativas.