Top 10: distrações perigosas no trânsito

Considerado um dos maiores vilões no trânsito, o celular não é o único que desvia a atenção dos motoristas e pode causar acidentes. Outras práticas também podem atrapalhar quem está atrás do volante, como enviar uma inocente mensagem de texto com o carro em movimento. Confira a seguir algumas distrações que pode ser fatais no trânsito:

Listamos os hábitos que podem tirar a atenção do motorista no trânsito pra você ficar ligado e não causar acidentes

Listamos os hábitos que podem tirar a atenção do motorista no trânsito pra você ficar ligado e não causar acidentes

Listamos os hábitos que podem tirar a atenção do motorista no trânsito pra você ficar ligado e não causar acidentes

Uso do celular

Falar e mexer no celular enquanto dirige ainda é uma das práticas mais comuns dos motoristas, apesar de ser considerada uma infração média, com multa de R$ 85,13 e quatro pontos na CNH. Falar ao telefone e trocar mensagens de texto enquanto dirige desvia a atenção do motorista e pode causar acidentes. O Instituto de Transportes e Tecnologia da Virgínia, ligado ao NTHSA, um dos principais órgãos de segurança viária dos EUA, ao enviar uma mensagem de texto, o motorista aumenta em 23 vezes a chance de se envolver em um acidente. Ao fazer uma ligação, a atividade cerebral ligada à direção diminui em 37%.

Atenção ao mexer no rádio

Outra prática comum entre os motoristas e que também desvia a atenção no trânsito é ficar mexendo no rádio. O ideal é ajustar o volume e outras funções somente com o veículo parado, pois assim as duas mãos ficam livres para segurar o volante e trocar as marchas no momento em que for preciso. Outra inimiga da atenção no trânsito é a música alta demais, que pode impedir o condutor de ouvir uma buzina ou qualquer outro aviso de outros veículos no trânsito.

Beleza a bordo

Essa dica é para os vaidosos de plantão: quantas vezes uma parada no farol não se torna a oportunidade perfeita para dar aquela retocada no visual no meio da correria do dia a dia? Mas essa é uma das práticas mais comuns no trânsito. O ideal é deixar para checar o look no espelho somente quando não se está dirigindo.

Programando o GPS

Não conhece direito o caminho? Procure programar o GPS antes de sair de casa. Se você já estiver perdido, o ideal é parar o carro e aí sim reprogramar a rota no aparelho. Ocupar uma das mãos apertando teclas para achar o melhor caminho também distrai o motorista e pode causar uma perda momentânea de concentração no trânsito. Por isso, é melhor evitar.

Não se distraia com animais

Que os cachorros adoram carros não é segredo pra ninguém, mas levar os bichinhos para passear no colo do motorista não é uma boa ideia: bichos se mexem o tempo todo, o que pode distrair o motorista na tentativa de acalmá-los. Vale lembrar que os bichos de estimação não devem ser transportados soltos dentro do carro, mas sim com um cinto de segurança, ou dentro de uma caixa específica para transporte.

Conversar olhando o passageiro

Conversar enquanto dirige e olhar constantemente para o passageiro também pode ser fatal. Mesmo que por alguns segundos, a prática pode influenciar na atenção do motorista com o trânsito à frente, portanto, é sempre bom olhar somente o necessário e se manter atento ao que acontece na via.

Não dirija com sono

Todos os anos, milhares casos de acidentes envolvendo motoristas que dormiram ao volante entram para as estatísticas de mortes no trânsito. Dados da ABRAMET (Associação Brasileira de Medicina de Tráfego) apontam que 25 a 30% de todos os acidentes de trânsito registrados no País tiveram como causa principal o sono ou cansaço do motorista. Ainda segundo as informações da ABRAMET, uma pessoa que está sem dormir por 19 horas seguidas, situação comum para quem trabalha a noite ou sai de uma balada, por exemplo, demora cinco segundos para reagir a uma situação inesperada. Em uma situação normal, o tempo é de 1,8 segundo.

Acalme as crianças

Andar com crianças no carro nunca é fácil, principalmente em viagens longas, tanto para os pequenos quanto para os adultos. Entretanto, existem diversas formas de distrair as crianças no trânsito e não deixar que elas atrapalhem a atenção de quem dirige.

Mate a fome sem descuidar do trânsito

Passar naquele drive-thru de comida rápida quando bate a fome é algo comum pra você? Então saiba que comer enquanto dirige também é uma das distrações mais frequentes no trânsito. Para matar a fome em segurança, mantenha sempre os alimentos e bebidas ao alcance das mãos e em porta – objetos firmes. Mas lembre-se que suas duas mãos precisam estar no volante enquanto o carro está em movimento.

Álcool e direção

Se beber, não dirija. Esse jargão já é conhecido de todos, mas ainda é comum que muitos motoristas insistam em assumir o volante mesmo tendo bebido qualquer dose de álcool antes de entrar no carro. O álcool afeta a capacidade motora e de concentração, aumentando o risco de acidentes. Além disso, quem é pego dirigindo sob o efeito de álcool pode pagar multa de R$ 1.915,40, levar sete pontos na carteira e ter o veículo apreendido. E o valor da multa dobra em caso de reincidência.

Fonte: iCarros

Comentários

Sou manauense, graduado em Design de Interface Digital, pós-graduado em Marketing, Propaganda e Publicidade pela Laureate International Universities e mestrando em Design da Comunicação na Politecnico di Milano - Itália. Sou o idealizador do No Amazonas é Assim e recebi o Prêmio Top Empreendedor nas Américas, além da Comenda da Cruz do Reconhecimento do Mérito do Empreendedorismo e a Cruz do Mérito da Amazônia, ambas as comendas outorgadas pela pela Câmara Brasileira de Cultura. Me interesso por Marketing Digital, Mídias Sociais, Branding, Gestão de Conteúdos Web, Turismo Cultural, Manaus de Antigamente além de Políticas Criativas.