Mensagens Escondidas na Logo GERAÇÃO BRASIL

A tipografia da nova novela da Globo, Geração Brasil, vem causando diversas discussões, principalmente no âmbito da política. Tudo porque ao se utilizar do alfabeto Leet ou L33t (alfabeto utilizado por Hackers), o Partido dos Trabalhadores começaram a enxergar campanha partidária em prol ao PSDB e PSB.

g3r4c40 br451l

g3r4c40 br451l

Fato é que por ser ano eleitoral, a discussão ficará ainda mais pegada, e ao meu ver, o PT ao colocar esse assunto em pauta, pode estar dando um tiro no pé, afinal, depois de você saber isso, nunca mais conseguirá dormir sem ler 40 e 45 na tipografia da Geração Brasil.

Como forma de protesto e deboche, agora iniciam a correr nas redes sociais um novo questionamento… A quantidade de símbolos escondidos na marca G3r4c40 Br451l. Afinal, isso a Globo não mostra…

Mensagens Escondidas na Logo GERAÇÃO BRASIL

Mensagens Escondidas na Logo GERAÇÃO BRASIL

As 7 marcas mais conhecidas e como elas foram criadas

Que tal conhecer algumas curiosidades sobre o mundo das marcas. Separei aqui, uma lista de 7 marcas e suas explicações, aliás, o modo como elas foram criadas e algumas curiosidades que aconteceram durante o seu processo.

o texto não está aprofundado, porém, foi feito justamente para que você ao perceber as marcas, lembre-se dessas histórias.

Abaixo, seguem as 7 marcas mais conhecidas e como elas foram criadas.

 [xyz-ihs snippet=”02mp”]

Marca da Apple criada por  Rob Janoff

Marca da Apple criada por Rob Janoff

Rob Janoff / Apple

Rob Janoff desenhou o logotipo original do arco-íris da Apple em 1977, quando ele estava trabalhando para a agência Regis McKenna como diretor de arte. A única orientação que recebi de Steve Jobs: “não faça-a “bonitinha””. Rob apresentou duas opções, uma com e outra sem a mordida, felizmente Jobs escolheu aquela com mais personalidade.

Marca chupa chups criada por  Salvador Dali

Marca chupa chups criada por Salvador Dali

Salvador Dali / Chupa Chups

O logotipo Chupa Chups foi desenvolvido em apenas 1 hora por Salvador Dali. A inspiração das cores vieram da bandeira espanhola.

Marca FedEx  criada por Walter Landor

Marca FedEx criada por Walter Landor

Walter Landauer / FedEx

Walter Landauer era uma lenda de brand e fundador da Landor Associates conhecida principalmente por projetar o logotipo da FedEx. Essa marca foi um produto que durou um longo processo de criação e revisão de mais de 200 projetos de marcas. O CEO da FedEx no dia da apresentação viu a seta para a direita enquanto ele a olhava afastada.

Marca I Love NY criada por Milton Glaser

Marca I S2 NY criada por Milton Glaser

Milton Glaser / I Love NY

Milton Glaser, para comport o I Love NY se inspirou por uma campanha intitulada “Montreal, a cidade com coração”. Glaser fez o trabalho pro bono. Seus esboços originais estão agora em exposição no Museu de Arte Moderna de Nova York.

Marca Next criada por Paul Rand

Marca NeXt criada por Paul Rand

Paul Rand / NeXT

Paul Rand deu um ultimato a Steve Jobs. Você me paga 100 mil dólares e eu só vou apresentar uma opção. 2 semanas mais tarde Rand apresentou o logotipo NeXT. Steve só fez uma consideração, Steve pediu que a letra ‘e’ fosse um amarelo um pouco mais brilhante.

Marca Nike criada por Carolyn Davidson

Marca Nike criada por Carolyn Davidson

Carolyn Davidson / Nike

Carolyn Davidson era uma estudante na Universidade Estadual de Portland quando ela concebeu a logotipo da Nike. Pagaram pra ela a quantia de US $ 35 pelo seu logotipo, hoje em dia vale cerca de US $ 643k. O Sr. Knight, fundador da Nike originalmente disse: “Bem, eu não a amo, mas talvez esse amor cresça dentro de mim ‘.

Marca Coca-Cola  criada por Frank Mason Robinson

Marca Coca-Cola criada por Frank Mason Robinson

Frank Mason Robinson / Coca-Cola

O famoso logotipo da Coca-Cola foi criado pelo contador de John Pemberton, Frank Mason Robinson, em 1885. Robinson veio com o nome e ele mesmo escolheu uma escrita cursiva distintiva para o logotipo. O tipo de letra utilizado, conhecido como Spencerian script, foi desenvolvida em meados do século 19 e foi a forma dominante da escrita formal, nos Estados Unidos durante esse período.

[xyz-ihs snippet=”01mp”]

Brand City – Sao Paulo

Uma cidade que tem na diversidade uma de suas principais características, assim como as misturas que fizeram – e fazem – parte de sua formação. Esse foi o principal desafio  para criação da marca São Paulo, que será utilizada pela São Paulo Turismo (SPTuris, empresa de turismo e eventos da cidade de São Paulo) em todas as suas ações a partir de agora. O símbolo, criado em parceria com a agência de publicidade Propeg com o designer Rômulo Castilho, surge para ser a tradução gráfica do lado criativo, superlativo e diverso da metrópole paulistana.

[hana-code-insert name=’Google’ /]

Compondo a marca, há ainda a assinatura “Viva Tudo Isso”, um convite a paulistanos ou turistas para as boas experiências sempre em renovação da metrópole.

Nos grafismos da marca, cada detalhe foi minimamente pensado. As cores, por exemplo, trazem referências implícitas: o vermelho remete ao Masp, o amarelo ao bairro da Liberdade, o verde ao Parque do Ibirapuera e o azul escuro, à Avenida Paulista.

A marca deverá ser usada em campanhas de promoção turística e se adequará a todas as plataformas e canais de comunicação. É esperado também que esteja presente em ações da iniciativa privada. “Temos a intenção também de incentivar parceiros a adotar a nova marca como uma forma de abraçar e valorizar a própria cidade e sua vocação para a cultura e o turismo”, diz o novo presidente da SPTuris, Marcelo Rehder.

[hana-code-insert name=’Google2′ /]

Segundo ele, a ideia é fazer com que a marca se torne conhecida e reconhecida por toda a cidade e até mesmo fora. Para isso, a SPTuris pretende fazer com que museus, centros culturais e outros equipamentos públicos e turísticos possam “aderir” e também passem a utilizar a nova marca em seus materiais ou até mesmo em suas instalações. “Essa adesão pode fazer toda a diferença. Tornando essa marca forte, beneficiamos todos, principalmente a cadeia produtiva do turismo da cidade”, completa Rehder.

A busca por um posicionamento mais claro para São Paulo era um desejo antigo da SPTuris e já fazia parte do planejamento estratégico da empresa desde 2006. Em março de 2011, começou a ser discutido entre a empresa municipal e as agências de publicidade Propeg e LewLara. Foram elaboradas simulações, discutido qual seria o “território da marca” e como seria seu comportamento em um setor marcado pelo dinamismo na comunicação e contato com todos os públicos, incluindo estrangeiros, já que, além dos quase dois milhões de turistas internacionais que a cidade já recebe ao ano, muitos outros devem ser atraídos para a Copa do Mundo de 2014, uma excelente oportunidade de divulgar a marca para o mundo. “Todos os olhos do planeta estarão voltados para o Brasil. São Paulo, como portão de entrada do país e como sede de seis jogos da Copa, incluindo a abertura, terá a chance de mostrar sua vasta e qualificada oferta turística. Momento mais que propício de fixar a nova identidade no imaginário das pessoas”, ressalta o presidente da SPTuris.

Antes do seu lançamento oficial, a marca São Paulo passou por um teste em dois extremos: na elaboração da nova identidade visual dos materiais impressos da São Paulo Turismo (folhetos, mapas e guias), considerados como ferramentas do setor de turismo e, na base para o lançamento do SP Móbile, novo aplicativo gratuito para smartphones e tablets que acaba de ser lançado pela SPTuris e traz informações sobre os principais atrativos, serviços e rotas da cidade.

Em ambos, o comportamento se mostrou muito positivo, preservando as características e conceito da marca e mostrando que ela é forte. “Temos uma estratégia consistente e acreditamos que será muito bem recebida”, conclui Rehder.

As marcas e os jogos com os clientes

Uma das tendência que surgiram agora no início de 2013, aqui na Europa é justamente esse desejo da marca jogar com os seus consumidores, fazendo-os experimentar sensações que jamais tenham sentido antes. Fazendo-os sentir na pele o que realmente representa a marca e por vezes então sendo interpretadas negativamente por “brincar com os seus sentimentos”.