Category Políticas Criativas

Igarapé do Mindu tem jeito!

O crescimento desordenado de Manaus, somado ao descaso do poder público e à falta de consciência da população, fez com que o principal rio urbano de Manaus fosse morto. O que até 30 anos era considerado um dos principais balneários da capital amazonense, o balneário do Mindu, hoje, é um rio fétido e depósito de lixo.

O igarapé do Mindu, em Manaus, hoje em dia mais parece a extensão das lixeiras das comunidades que habitam na margem dele. A falta de tratamento de esgoto e o descarte de poluentes industriais são os grandes vilões para esse quadro.

Atualmente, os 500 maiores rios do planeta enfrentam problemas com a poluição, segundo dados da Comissão Mundial de Águas. Contudo, diversas cidades conseguiram transformar seus rios mortos em belos retratos de cartão-postal, os exemplos principais são Paris e Londres. Nessas cidades, eles conseguiram reintegrar os rios à sua vida econômica e social.

O igarapé do Mindu tem jeito, basta termos um forte apelo social e pessoas comprometidas com a mudança. Eis alguns exemplos que podem inspirar as autoridades barés para que alcancemos os mesmos resultados.

Igarapé do Mindu / Foto : Amazonas e Mais

Lixos já fazem parte do Igarapé do Mindu  ( Foto : Amazonas e Mais)

Totem de energia foto-voltaica recarrega celulares gratuitamente em Boa Vista

Fazer política criativa não é complicado. O problema é a mentalidade dos nossos governantes. Graças a internet podemos buscar exemplos de cidades criativas ao redor do mundo. Aliás, para a Organização das Nações Unidas (ONU) o acesso à internet é um direito humano e desconectar a população da web viola esta política.

A partir daí temos visto Prefeituras de todo o Mundo investirem em políticas públicas para o alcance pleno de áreas de free wi-fi, mas em Manaus isso caminha a passos de tartaruga. Isso porque não temos ninguém comprometido com a causa, comprometido por buscar espaços públicos com wi-fi aberta para que a população tenha acesso à informação, ou melhor, não tinha. Um dos caminhos que tenho trilhado é acompanhar esse tipo de política pública.

Recentemente, a Prefeitura de Boa Vista inaugurou a Praça das Águas, um belo parque que conta com Internet gratuita e totens com placas solares que permitem que a população possa carregar seus celulares.

Totem de energia foto-voltaica na Praça das Águas. Foto: Divulgação/Prefeitura Boa Vista

Totem de energia foto-voltaica recarrega celulares gratuitamente em Boa Vista. |                                  Foto: Divulgação/Prefeitura Boa Vista

Na França, telhado verde e painel solar são obrigatórios por leis em prédios comerciais

No velho mundo, mais especificamente na França, agora é lei : Telhado verde e painel solar são obrigatórios em prédios comerciais. Os franceses há muitos anos vêm experimentando técnicas sustentáveis para tentar reverter o problema climático que se encontram. Agora, quem passar pela capital parisiense poderá observar o verde no alto dos prédios comerciais.

Para impulsionar essa luta em prol da ecologia, o país aprovou uma lei que obriga todos os novos edifícios comerciais a instalarem telhados ecológicos ou painéis solares.

Essa busca constante por soluções sustentáveis para as cidades desenvolvidas são mais do que nunca necessárias. A concentração de pessoas, turistas, veículos, empresas, comércios e indústrias tornam as cidades mais poluídas, e isso acarreta em menor qualidade de vida para todos.

Podemos contar nos dedos quais centros urbanos que ainda possuem ar puro para se respirar. Quais cidades não passam pelo processo de corte de árvores? Quantas obras chamadas de “revitalização” estão destruindo a fauna e a flora local para dar lugar a empreendimentos?

Telhados verdes

Telhados verdes

Dados de trânsito em tempo real aumentam faturamento de empresas

Se restava alguma dúvida quanto ao assunto, agora pode-se dar por encerrado. Pesquisas apontam que pessoas com acesso a informações de trânsito em tempo real têm passado 15% a menos de tempo esperando nas paradas de ônibus do que aqueles que não têm essas informações.  E como tempo é dinheiro, um estudo das rotas de ônibus de Chicago mostra que o acesso à informação aumentou o número médio de passageiros em 2%, enquanto um estudo sobre os sistemas de ônibus da cidade de Nova York descobriu que essas informações também levaram a um crescimento no número de passageiros, resultando em um aumento de U$ 5 milhões anuais na receita das tarifas.

Moradores em parada de ônibus na cidade portuária de Saint Denis. O acesso à informação sobre o trânsito em tempo real ajuda a reduzir os tempos de espera e aumentar o número de passageiros. Foto: Miwok/Flickr

Moradores em parada de ônibus na cidade portuária de Saint Denis. O acesso à informação sobre o trânsito em tempo real ajuda a reduzir os tempos de espera e aumentar o número de passageiros. Foto: Miwok/Flickr

Arquiteto croata projeta um órgão que converte as ondas na música

O arquiteto croata Nikola Baši? criou um órgão de mar deslumbrante que traduz as ondas em uma música relaxante.

‘Morse orgulje “, que pode ser traduzido como” corpo majestoso’, foi projetado pelo arquiteto em 2005. É a estrela indiscutível da cidade de Zadar, na Croácia. Um show incrível. O órgão possui 35 tubos de ligação, cada um emite diferentes canais de música. Assim soa naturalmente. As notas são vistas puramente aleatórias, dependem de como as ondas são transmitidas para o órgão.

órgão que converte as ondas na música

órgão que converte as ondas na música

Fradinhos – ter ou não ter? Que tal Fradinhos Criativos?

Uma das maiores brigas de política pública no Estado do Rio de Janeiro nos últimos anos tem sido em relação aos fradinhos.

Fradinhos, para quem não sabe, são aqueles blocos de concreto que existem nas calçadas cuja função é impedir o estacionamento indevido de automóveis à favor de uma melhor circulação dos pedestres.

Em Manaus é necessário termos fradinhos pois assim é possível evitar o estacionamento na calçada, priorizando o pedestre.

Fradinho em frente a Rede Amazônica / Foto : Marcus Pessoa

Fradinho em frente a Rede Amazônica / Foto : Marcus Pessoa

Cartazes LGBT nas escolas em Toronto usam tecnologia para aumentar o respeito e conscientizar os alunos sobre as diferenças de gênero e orientação sexual

Diferentemente das campanhas brasileiras, ou mesmo, dos kits que estão sendo distribuído nas escolas brasileiras, o Canadá conta com campanhas criativas, tecnológicas e funcionais nos corredores escolares da cidade de Toronto.

Campanha LGBT criativa

Campanha LGBT criativa

Concreto que absorve água chega como alternativa de combate as enchentes

A empresa britânica Tarmac desenvolveu um concreto tecnológico capaz de absorver até 36 mil milímetros de chuva por hora, esse número é equivalente a 3.300 litros por minuto.

Essa tecnologia se chegasse em Manaus resolveria muitos problemas. Sobretudo se levarmos em consideração que em 1h de chuva torrencial é suficiente para surgir diversas áreas de inundações em Manaus.

 

concreto que absorve água

concreto que absorve água

Shopping Eldorado: reciclagem de material orgânico para horta na parte superior do prédio

Recentemente estive em São Paulo e conheci mais um bom exemplo que mostra que, aos poucos, o conceito de reaproveitamento, reciclagem e compostagem vem sendo usado de maneira criativa. O Shopping Eldorado, na zona oeste de São Paulo, em plena Avenida Rebouças, fez uma horta com os restos de comida da praça de alimentação no teto do edifício. A ideia é louvável, já que são descartados, aproximadamente 400 quilos de comida todos os dias.

Horta do Shopping Eldorado

Horta do Shopping Eldorado

Faixas de Pedestres Artísticas

Diariamente nos deparamos com faixas de pedestres padronizadas, pouco atraentes e mal sinalizadas. Sabemos que um colorido especial energiza e deixa mais agradável o nosso dia a dia.
Buscando alguns exemplos fora de Manaus, claro, é possível ver muita gente trabalhando a criatividade através de streetart. Pinturas no tom certo, grafites bem elaboradas que mudam completamente a nossa percepção de “obrigatoriedade” e passa para o nível de “experiência”, “vivência.

Faixas de Pedestres Artísticas

Faixas de Pedestres Artísticas

Bituca e chiclete também são lixo e merecem respeito!

Uma campanha criativa tem incentivado os britânicos a repensarem maus hábitos comuns, como jogar bitucas de cigarros ou chicletes nas ruas.

Para chamar a atenção dos fumantes, a ONG Hubbub criou uma bituqueira bem diferente. Com dois reservatórios separados, os fumantes usam a bituca de cigarro para votar em qual jogador de futebol eles acham que foi o melhor da história: Messi ou Ronaldo? E essa é a apenas uma das perguntas espalhadas pelas ruas. A proposta tem como objetivo reduzir os impactos ambientais gerados pelas bitucas descartadas inadequadamente.

Bituca e chiclete tambem sao lixo e merecem respeito (4)