Motivos que me levaram a desativar o Instant Article do meu portal

Há 8 meses passei a utilizar no meu portal No Amazonas é Assim o Instant Articles. O resultado é fantástico. As notícias carregam de maneiras instantâneas e como possuímos vários conteúdos por lá, os conteúdos vão se organizando automaticamente por termos parecidos, categorias, mais lidas etc, fazendo com que os usuários passem mais tempo na plataforma e surfem por notícias pré-carregadas.

Com o Instant Articles, comecei a utilizar o Audience Network o que permitiria monetizar o conteúdo através de anúncios disponibilizados pelo próprio Facebook.

Após 1 mês, eu já havia batido a cláusula de limite de saque de U$100, porém, à época, o Brasil ainda não participava do projeto Audience Network e eu não conseguia sacar o dinheiro. Após 10 dias de insistentes solicitações do Facebook para que eu regularizasse a conta bancária (qualquer local do mundo, menos Brasil), eu fui “bloqueado temporariamente” até regularizar.

Por volta de outubro do ano passado,  o Facebook autorizou a minha conta a cadastrar como banco a minha conta do Banco do Brasil e assim, consegui configurar passo a passo e enviei todas as documentações para o Facebook e em Dezembro recebi meu primeiro pagamento via Facebook. Em Janeiro recebi o segundo pagamento e agora em Fevereiro devo receber o terceiro pagamento do Facebook. Em Março, porém, já não deverei receber pagamentos pois resolvi desativar o I.A do meu portal.

O principal motivo para que eu tomasse tal atitude foi o fato de que com o I.A a gestão dos anúncios são feitos pelo próprio Facebook, enquanto sem o Instant Articles quem faz a gestão dos anúncios sou eu.  Sendo assim, prefiro mil vezes tomar conta do próprio espaço, do que ceder para o Facebook gerenciar e compartilhar com ele. Esse formato é legal para quando você tem um blog legalzinho e não tem patrocinador ou para quando você tem um portal e não tem anunciantes.

90% dos acessos do meu portal eram de dispositivos móveis e cerca de 70% eram feitos por pessoas através do Facebook, logo, os anunciantes do meu portal eram vistos por pouquíssimas pessoas e para ter certeza que algo estava errado, comprei ferramentas profissionais para monitorar o número de displays dos anúncios, bem como o número de cliques e quais IP’s foram responsáveis por tal ação.

Motivos que me levaram a desativar o Instant Article do meu portal

  • Falta de Controle sobre os anunciantes;
  • Não consigo oferecer formatos diferenciados;
  • Não se atualiza automaticamente junto com o site;
  • É complicado de instalar;
  • Remunera melhor que o Google Adsense, porém, só interessa para quem não tem anunciantes fixos;

Esse último ponto, no meu caso, é o ponto chave. Para garantir transparências aos anunciantes e entregar o resultado ao qual me proponho, vejo que a melhor maneira é dar bye bye ao Instant Articles.

No meu blog, o manterei, afinal, não estou trabalhando com anunciantes fixos, por isso, pra mim, o importante é o conteúdo, a velocidade do acesso, o formato instantâneo e não a gestão dos banners de anunciantes.

Motivos que me levaram a desativar o Instant Article do meu portal

Motivos que me levaram a desativar o Instant Article do meu portal

DEIXE SEU COMENTÁRIO AQUI!

Sou manauense, graduado em Design de Interface Digital, pós-graduado em Marketing, Propaganda e Publicidade pela Laureate International Universities e mestrando em Design da Comunicação na Politecnico di Milano - Itália. Sou o idealizador do No Amazonas é Assim e recebi o Prêmio Top Empreendedor nas Américas, além da Comenda da Cruz do Reconhecimento do Mérito do Empreendedorismo e a Cruz do Mérito da Amazônia, ambas as comendas outorgadas pela pela Câmara Brasileira de Cultura. Em meu blog, escrevo sobre Marketing Digital, Mídias Sociais, Branding, Gestão de Conteúdos Web, Turismo Cultural, Manaus de Antigamente além de Políticas Criativas.