Morte digital – O que acontece online quando você morre?

O que acontece online quando você morre? Blogazine:
http://www.lifeinsurancefinder.com.au/infographics/what-happens-online-when-y…

Digamos que você representa uma pessoa comum no mundo.

Há uma probabilidade de 11% que você tenha uma conta no Facebook.
Com esta conta você compartilha 450 publicações por ano incluindo 114 fotos. Isto é, 29
álbuns fotográficos em sua vida.

Em sua vida você terá passado 23 minutos no Twitter por dia e terá enviado 15.795
tweets. Você terá feito 563 check-ins no Foursquare e terá feito o upload de mais de 196
horas de vídeo no Youtube.

Atualmente, 70% da população online está utilizando as redes sociais. E este número
está crescendo cada vez mais. A única coisa que todos os usuários têm em comum é que
…todos eles vão morrer.

De fato, três usuários do Facebook morrem a cada minuto, Nesse ritmo… um total de
1,78 milhões de usuários morreram em 2011.

Você sabe o que acontece com sua vida digital quando você morre?

O Gmail pode enviar seus emails e contatos aos seus familiares caso eles solicitarem. O
Hotmail também pode. O Twitter pode dar uma cópia de todos os seus tweets públicos
aos seus familiares.

Você tem algum assunto particular comprometedor com o qual você se sente
preocupado?

Toda a informação que você tem armazenado em nuvem pertence ao provedor da
plataforma e eles podem usá-la, algum dia para ressuscitar o seu “eu” digital ou talvez
criar um clone ou um holograma que possa interagir com futuras gerações.

Prognosticadores de personalidade já existem tais como “That Can Be My Next Tweet”
e “Hunch” que podem fazer algumas previsões baseadas nas informações da sua mídia
social.

Com o LifeNaut você pode construir um arquivo quase completo da sua vida…

Como você enxerga o seu “eu” digital daqui a 100 anos?

Life Insurance Finder
www.lifeinsurancefinder.com.au
Facebook Profile (http://www.facebook.com/lifeinsurancefinder) | Twitter account
(@lifeinsurancef)

DEIXE SEU COMENTÁRIO AQUI!

Sou manauense, graduado em Design de Interface Digital, pós-graduado em Marketing, Propaganda e Publicidade pela Laureate International Universities e mestrando em Design da Comunicação na Politecnico di Milano - Itália. Sou o idealizador do No Amazonas é Assim e recebi o Prêmio Top Empreendedor nas Américas, além da Comenda da Cruz do Reconhecimento do Mérito do Empreendedorismo e a Cruz do Mérito da Amazônia, ambas as comendas outorgadas pela pela Câmara Brasileira de Cultura. Em meu blog, escrevo sobre Marketing Digital, Mídias Sociais, Branding, Gestão de Conteúdos Web, Turismo Cultural, Manaus de Antigamente além de Políticas Criativas.