Facebook nega ter ‘censura automática’ contra discursos políticos

O Facebook Brasil emitiu uma nota de esclarecimento sobre suas políticas e conteúdo nesta quinta-feira (27). O objetivo do comunicado é esclarecer o funcionamento do processo de remoção de posts no caso de haver denúncias de usuários. De acordo com a rede social, não há censura automática contra discursos políticos e o número de denúncias não é determinante para a remoção de um conteúdo.

Facebook Brasil divulga nota de esclarecimento de políticas e conteúdo na rede (Foto: Reprodução/Facebook Brasil)

Facebook Brasil divulga nota de esclarecimento de políticas e conteúdo na rede (Foto: Reprodução/Facebook Brasil)

De acordo com o comunicado, o Facebook tem uma “infraestrutura robusta de denúncia” e “um time de revisores altamente treinado para avaliar os casos”. Ou seja, segundo ele, não há um mecanismo automático de remoção de conteúdo da rede, que funcionaria, por exemplo, tendo como base o número de denúncias recebidas para tirar algo do ar.

“Quando um conteúdo é denunciado, ele só é removido se violar nossos Termos de Uso. É importante esclarecer que não retiramos conteúdos com base no número de pessoas que reportaram algo”, diz a empresa.

Além disso, a nota oficial frisa bastante que revisa “manualmente” todas as denúncias e que sistemas automatizados só são utilizados em casos mínimos, como de spam. Por fim, a companhia destaca que só remove publicações que não estejam de acordo com seus termos de utilização, que os usuários têm que aceitar ao se registrarem no site.

“Muitas vezes precisamos balancear a possibilidade dos nossos usuários se expressarem e compartilharem informações, ao mesmo tempo em que possamos garantir um ambiente seguro para todas as pessoas que usam o nosso serviço”, conclui o comunicado publicado no Facebook Brasil.

O próprio Vice-presidente do Facebook para América Latina, Alexandre Hohagen, divulgou a nota em seu perfil pessoal na rede.

Alexandre Hohagen compartilhou a nota em perfil oficial na rede social (Foto: Reprodução/Facebook)

Alexandre Hohagen compartilhou a nota em perfil oficial na rede social (Foto: Reprodução/Facebook)

Recentemente, estão ocorrendo diversos casos de suspensão de contas e remoção de conteúdo por motivos “polêmicos” no Facebook. Uma postagem da “Dilma Bolada”, uma página de humor bastante conhecida no país é um exemplo disso e talvez tenha sido um dos responsáveis por estes esclarecimentos da rede social.

Via Facebook Brasil

DEIXE SEU COMENTÁRIO AQUI!

Sou manauense, graduado em Design de Interface Digital, pós-graduado em Marketing, Propaganda e Publicidade pela Laureate International Universities e mestrando em Design da Comunicação na Politecnico di Milano – Itália. Sou o idealizador do No Amazonas é Assim e recebi o Prêmio Top Empreendedor nas Américas, além da Comenda da Cruz do Reconhecimento do Mérito do Empreendedorismo e a Cruz do Mérito da Amazônia, ambas as comendas outorgadas pela pela Câmara Brasileira de Cultura. Me interesso por Marketing Digital, Mídias Sociais, Branding, Gestão de Conteúdos Web, Turismo Cultural, Manaus de Antigamente além de Políticas Criativas.