Ensaio da Quadrilha Furacão na Roça

Tradicionalmente o mês de junho é marcado pelas festas juninas. Seja nas escolas, bairros, igrejas, clubes e até mesmo entre amigos, as festinhas são organizadas com muitas brincadeiras e muita comida típica do interior, ou como dizemos no Amazonas, comida regional.

As festas juninas são um grande propulsor da economia local, em Manaus, sobretudo antigamente, tínhamos em cada esquina um arraial bem estruturado, com brincadeiras e brinquedos, danças e muita alegria. A cada ano, a força das festas juninas vai caindo, boa parte disso se dá devido os gestores municipais e estaduais não darem a devida atenção para a cultura popular.

Graças a Deus, muitas quadrilhas juninas mantém a cultura viva. Ontem (21) , estive visitando o ensaio da quadrilha Furacão na Roça.  A julgar a empolgação e a organização, eles estão bem motivados e prontos para espalhar sua arte em Manaus nas diversas festas e festivais independentes que ocorrem durante o mês de junho e julho.

 

Ensaio da Quadrilha Furacão na Roça

Ensaio da Quadrilha Furacão na Roça

As festas juninas somam hoje, contribuições culturais de vários povos que aqui se estabeleceram com o passar do tempo. As danças mais comuns nas festas juninas são : Ciranda, Quadrilha, Dança do Café, Carimbó, Dança do Ventre entre outras

Essa mescla cultural também acompanha os membros da Quadrilha Furacão na Roça, que ensaia religiosamente das 19:30h às 22h na praça da Alameda Hortência, localizada na Rua Ferreira Pena – Centro.

A quadrilha atualmente está sobre direção do Marcos Paulo e da Elyvany Mendes.

 

Quadrilha Furacao na Roça ensaiando para as apresentações de 2016

Quadrilha Furacao na Roça ensaiando para as apresentações de 2016

Após acompanhar os ensaios, foi a vez de motivá-los e incentivá-los a defender a cultura popular. Que não desanimem cada vez que o Governo do Estado ou a Prefeitura de Manaus não patrocinar devidamente essa manifestação cultural.

Infelizmente eles poderão ouvir muitos não, até mesmo de pessoas próximas, mas isso é porque na maioria das vezes essas pessoas não conhecem o caminho que queremos seguir. Não estão nos nossos sonhos, não sabem o que estamos pensando, o que idealizamos, o que vemos como futuro e por medo do que não estão vendo, acabam nos barrando. Experiência própria.

Fiquei sabendo que a quadrilha chegou a baixar para 5 pares, depois de possuírem 30 pares. No ensaio, já estavam com 13 pares e subindo novamente. Estão organizando, inclusive, um BINGO DA FURACÃO NA ROÇA, que ocorrerá no próximo sábado (28/05) às 19:30, na pracinha dos becos. Será uma grande festa para angariar recursos para as roupas dos participantes. Todos que puderem contribuir, a quadrilha ensaia todos os dia na Rua Ferreira Pena, próximo ao cruzamento com a Japurá, o local é também conhecido como “pracinha dos becos”.

Agradeço imensamente pelo modo como fui acolhido pelos quadrilheiros e me coloco a inteira disposição para divulgá-los e ajudá-los a enfrentar as dificuldades que podem vir pela frente.

Marcus Pessoa e a Quadrilha Furacão na Roça

Eu com os participantes da Quadrilha Furacão na Roça

Manaus é uma cidade muito rica em acervo cultural, mas é de fundamental importância conhecê-lo, para que possamos compor a identidade de nosso povo. É através destas manifestações folclóricas, que mantemos vivas as tradições e costumes de um povo, preservando deste modo, sua identidade para futuras gerações.

Segue um teaser do ensaio da quadrilha Furacão na Roça. A quadrilha é composta por membros de vários bairros da cidade de Manaus.

Comentários
Sou manauense, graduado em Design de Interface Digital, pós-graduado em Marketing, Propaganda e Publicidade pela Laureate International Universities e mestrando em Design da Comunicação na Politecnico di Milano - Itália. Sou o idealizador do No Amazonas é Assim e recebi o Prêmio Top Empreendedor nas Américas, além da Comenda da Cruz do Reconhecimento do Mérito do Empreendedor, ambos pela pela Câmara Brasileira de Cultura. Me interesso por Marketing Digital, Mídias Sociais, Branding, Gestão de Conteúdos Web, Turismo Cultural, Manaus de Antigamente além de Políticas Criativas.