Como lidar com o cyberbullying em mídias sociais: Dicas, Sugestões e Recomendações

Antes de começarmos a falar sobre Cyberbullying nas mídias sociais, precisamos lembrar de algumas coisas.

Com a abertura e a democratização da internet, muitas pessoas passaram a utilizar a tecnologia para intimidar as pessoas, e isso é o que iremos chamar na forma mais pura de cyberbullying.

Hoje em dia, o cyberbullying nas mídias sociais tornou-se uma grande preocupação, especialmente para as crianças. Na verdade, as crianças levam as palavras digitais na mesma intensidade que as palavras ditas, e por isso, o cyberbullying pode fazer a pessoa se sentir magoada, humilhada, deprimida, zangada e até mesmo, em casos mais extremos, levá-los ao suicidío.  Nesta públicaç-ão em particular, comentei sobre 6 Casos de Cyberbullying que tiveram finais trágicos.

Em consequência, se a pessoa não utilizar as redes sociais ou saber driblar os encrenqueiros de maneira correta,  isso pode ter um impacto negativo em sua vida. Nenhum tipo de bullying deve ser tolerado.

As dicas chaves para prevenir o cyberbullying na mídia social incluem:

  • Relatar ameaças de danos ou qualquer tipo de mensagens sexuais inadequadas à polícia.
  • Antes de reagir, respire fundo e considere o motivo da pessoa. Tire todos os printscreens e leve para o Boletim de Ocorrência.
  • Certifique-se de que seus filhos estão maduros o suficiente para usar os aplicativos e serviços;

Várias questões a ter em mente para evitar o  Cyberbullying no Facebook

Em particular o cyberbullying no Facebook é extremamente difícil de lidar, porque o Facebook é a plataforma social mais amplamente utilizada em todo o mundo. Para os adolescentes , uma vez que eles estejam sendo “zoados” no Facebook, seus amigos, colegas e amigos de seus amigos e até mesmo pessoas que nem o conhecem pessoalmente vão rir deles.

Para lidar com o cyberbullying do Facebook, você deve:

  • Converse com as crianças, falando sobre todas as consequências que o cyberbullying em mídias sociais podem trazer e ensinar-lhes como reagir uma vez que eles se tornam o alvo.
  • Excluir os sinais de cyberbullying do Facebook, fazendo screenshots de antemão. Ao fazer isso a prova de cyberbullying permanecerá para você resolver o problema, mas os outros, incluindo o seu filho, não vai vê-lo mais.
  • A propósito, você também pode denunciar abuso na página de ajuda do Facebook.

Cyberbullying no Snapchat

O Cyberbullying no Snapchat também é um grande desafio entre os adolescentes, pois pode afetar diretamente sua auto-estima.
Para lidar com Snapchat cyberbullying, você deve:

  • Ensine as crianças como responder quando elas se tornam um alvo de intimidação cibernética ou assédio sexual, peça-lhes que lhe digam sobre isso no momento em que o assédio acontece.
  • Bloqueie os “valentões” no Snapchat.
  • Não alimente os azucrinadores.

De qualquer forma, o cyberbullying nas mídias sociais é difícil de lidar; E ninguém deve tolerá-lo. Se você vir qualquer forma de cyberbullying nas mídias sociais, não fique em silêncio, diga à pessoa para parar ou tomar as medidas necessárias. Há uma opção de bloqueio na maioria dos serviços de mídia social, use-o. Não se esqueça que você também pode denunciar o problema ao serviço.

Bullying nas Mídias Sociais

Bullying nas Mídias Sociais

Comentários

Sou manauense, graduado em Design de Interface Digital, pós-graduado em Marketing, Propaganda e Publicidade pela Laureate International Universities e mestrando em Design da Comunicação na Politecnico di Milano - Itália. Sou o idealizador do No Amazonas é Assim e recebi o Prêmio Top Empreendedor nas Américas, além da Comenda da Cruz do Reconhecimento do Mérito do Empreendedorismo e a Cruz do Mérito da Amazônia, ambas as comendas outorgadas pela pela Câmara Brasileira de Cultura. Me interesso por Marketing Digital, Mídias Sociais, Branding, Gestão de Conteúdos Web, Turismo Cultural, Manaus de Antigamente além de Políticas Criativas.