Campanha Facebook – Orgulho de Ser Amazonense

Nesta semana elaborei uma campanha para uma página minha do facebook chamada Orgulho de Ser Amazonense, era uma campanha pessoal, elaborada no pior período do ano … CARNAVAL!
Utilizei todos meus conhecimentos em redes sociais para ressucitar a página que estava abandonada. O resultado final era apenas ver quantas curtidas extras eu conseguiria na página e quantas pessoas eu conseguiria colocar falando sobre ela em 6 dias.
Neste post estarei tratando os detalhes do que foi usado, os números printados nos dias, e compartilhando um pouco dessa experiência e as ferramentas que eu usei para o sucesso dela.

 

Dados iniciais:

No dia 02 de fevereiro de 2013 a página possuia 4.275 curtidas e 71 pessoas falando sobre isso, eu já não atualizava a página a mais de 1 mês. Então era um tráfego devido o conteúdo antigo que ficou como repositório. Se fossemos porcentualizar isso, diriamos que apenas 2% do total da página estavam comentando sobre ela. E esse foi o quadro que encontrei no primeiro dia. Publiquei cerca de 10 imagens.

Dia 1

No segundo dia (dia 03 de fevereiro) comecei a fazer algumas alterações no perfil da página. Troquei a imagem do topo, e coincidentemente teve a luta do José Aldo no UFC, (lutador nascido e criado no Amazonas) e atual campeão do peso pena.
De fato eu não esperava essa luta na época dessa campanha, mas sabia que não poderia desperdiçar o Hype que se criaria através desse evento. Por isso preparei de arrumar a casa e movimentar o pessoal pela página. Publiquei cerca de 10 imagens, e compartilhei para as páginas No Amazonas é Assim e Eu Falo Amazonês


dia 2
Para o terceiro dia a confusão em torno do José Aldo se esticou novamente devido um comentário do Cauê (responsável pelo Desce a Letra e que atualmente está sendo processado pelo Latino), o mesmo fez um comentário pejorativo sobre os amazonenses.
Pude perceber que poucas pessoas conseguem diferenciar um comentário pejorativo de um comentário normal. Por exemplo, se eu chamo uma pessoa de nego pode ser pejorativo, porém, se a pessoa é uma amiga minha e a chamo de nego, torna-se até carinhoso. Agora quando as pessoas de fora se referem aos amazonenses como índios, nunca são de maneira carinhosa. São sempre provocativa, e embora tenhamos sim sangue indígena assim como todo o resto do Brasil, é normal que um se ofenda, do mesmo modo que uma outra raça se ofenderia se chama-se de negro, de branquelo ou de qualquer outra coisa.
E acabou rolando mais um post com o pessoal inflamado após a luta do José Aldo e o comentário dele em rede social, em virtude disso troquei também a foto do perfil da página para a do Atleta Sando Viana.  O  Sandro Viana é um velocista Amazonense e BICampeão Panamericano (2007 e 2011).
Nesse terceiro dia postei cerca de 15 imagens e 2 vídeos, além de 7 posts escritos, incentivado a participação dos usuários, poucas respostas é claro, mas era sinal de que tinha gente querendo interagir.
dia 3
Os dados do Facebook não se atualizam do dia para a noite, portanto, nesses 3 dias ficou evidente pelo número de aumento de 704 pessoas curtindo a página. Mas o número de pessoas falando sobre a página caiu de 71 para 69.
Eu sabia que esses números não poderiam ser reais, e não sabia ao certo até onde esses dados eram confiáveis. Precisava fazer esse teste pra saber também de quanto em quantos dias esses números são atualizados, até porque é fundamental essa informação, por ela você sabe qual o assunto foi mais popular, qual a faixa etária do teu público, além do gênero e de que cidade ela acessa.
Para o quarto dia, me muni de disposição para resgatar imagens bonitas do interior do Amazonas e não apenas de Manaus, sei que muitos não conhecem (assim como eu) e já recebi alguns pedidos para que postasse fotos do interior do Amazonas invés de postar sempre sobre Manaus.
Neste quarto dia os dados do Facebook se atualizaram. Para o quarto dia preparei acho que 15 imagens de pôr do sol de várias cidades, além de compartilhar o boa noite nas outras duas páginas já citadas.

No quinto dia, tive um pouco menos de tempo para atualizar a página, e contava com informações e imagens enviadas pelo pessoal de qualquer uma das 3 páginas, porém o destino final era sempre anunciar pela página Orgulho de ser Amazonense e distribuir por outras páginas para captar a atenção, se valendo assim, de páginas âncoras para ajudar na disseminação do conteúdo.
Essas estratégias podem fazer as páginas voarem principalmente se os parceiros que compartilharem o seu conteúdo possuem já um grande público.
Nesse dia apelei mais uma vez para a página No Amazonas é Assim, ao mesmo tempo que acompanhava que o número dos meus amigos também iam curtindo a página e acompanhando esse meu voo de andorinha solitária.

dia 5
A campanha inicial do Facebook estava prevista para ser 7 dias , porém, estou precisando terminar um capítulo da minha tese sobre a imagem do Brasil como marca e não estava conseguindo me concentrar pra escrever e por isso a terminei antes do prazo.
Assim que eu puder publicar algo da tese , farei a descrição pelo site, não apenas a imagem do Brasil, como a imagem do Amazonas e a imagem de Manaus como produto.
Pois bem, hoje, resolvi publicar as imagens que ano passado colecionei dos nossos interiores, pra montar um álbum especial na página No Amazonas é assim.  A única coisa que me arrependo foi de após criar a imagem (montada para o álbum) acabei por cancelá-las.  Mas já dava pra se ter uma boa ideia de como nosso Estado é lindo! Além disso, fui atualizar a página Amazonas – Músicas próprias , uma página só com o ouro da casa :) Todos nossos artistas que possuem música autoral. Página serve pra mostrar à todos que o Amazonas não é só Boi-bumbá.

dia 6

Dados Finais

Se no dia 02 de fevereiro de 2013 a página possuia 4.275 curtidas e 71 pessoas falando sobre isso (cerca de 2% do total da página), hoje no dia 07 de fevereiro a página mostrava 5.602 curtidas e 11.858 pessoas comentando sobre ela. Um aumento de 1.327 curtidas e 11.787 pessoas falando sobre ela. O número de pessoas falando sobre a página é mais do que o dobro do número de curtidas.
Segue abaixo os dados que o Facebook forneceu de hoje em relação à página, com:  Visão Geral, Curtir, Alcance e Falando sobre isso. Não vou explicar os dados, é apenas para ilustrar esse post, são dados reais da página, no dia de hoje (07/02/13).

 

Conclusão

Além dessas interações todas dentro do Facebook, precisei por vezes trazer essa discussão pro meu site, afinal , já fui banido e bloqueado no Facebook muitas vezes por postar pensamentos um pouco mais ativistas ou imagens um pouco mais pesada de acordo com as políticas do Facebook.  E atualmente estou banido de comentar em outras páginas! Devo ainda esperar 10 dias para sair a punição.
Tudo isto, mais o fato de eu não querer misturar o conteúdo das páginas com os meus pensamentos (as vezes) resolvi trazer o pessoal para meu castelo. Afinal ‘my castle, my rules‘.
Como estava procurando informações úteis para compartilhar com quem curtia as minhas páginas, instalei no meu site um plugin que me auxiliava nesta minha campanha.  É um plugin exclusivo do WordPress e se chama mini pop-up, costumo dizer que é um plugin para ajudar blogueiros a ganhar mais curtidas nas páginas do blog, nesse caso estava apontando-o para a página Orgulho de Ser Amazonense

Plug in WordPress Mini pop up

Além disso tudo, existem algumas dicas que não foram mencionadas, até porque não se pode sempre revelar TUDO, mas diriamos que o resto é um pouco de talento.
Posso concluir com esta experiência que:

    • Os dados do Facebook não são em tempos reais.
    • É possível você aumentar o número de curtidores acima de mil, de forma legal;
    • Você precisa de uma página de apoio para ganhar visibilidade;
    • Você precisa estar atento ao que está acontecendo em todo o mundo e de que forma aquilo poderá lhe beneficiar;
    • SEO é fundamental, porém, influência é muito mais;
    • Procure saber quais páginas podem trocar pubicações com você;
    • Se você quiser ter uma número alto de visualização assine as campanhas do Facebook;
    • Se você quiser aumentar o número de curtidas, você deve dar algo em troca, ou conhecimento, ou promoções;
    • Existem eventos que todas as empresas podem tirar proveito, não seria cara de pau uma empresa dar os parabéns publicamente à alguma pessoa;
    • O total de pessoas que visualiza os anúncios criados no Facebook sem ser pago é de apenas 15 a 20% , e se você compartilhar o conteúdo na sua página, passa a ser de 5-10% do total de pessoas que curtiram a página.

Espero que tenham lido, tenham gostado e incentive a quem trabalha na área de marketing digital a criar uma campanha bem melhor do que essa experimental.
Estou atualmente com a página de anuncie disponível, é claro que o fato de anunciar não significa ter o mesmo resultado de uma campanha inteira como está, onde praticamente em 6 dias postei cerca 120 imagens , mais 3 vídeos, mais 20 posts escritos, além de compartilhar para outras páginas por pelo menos 5 vezes.
Que fique claro que o modo de abordagem e o engajamento de anunciar é muito diferente do de criar uma campanha. A campanha eu entendo como um conjunto de ferramentas no qual anunciar é apenas uma das estratégias.

Comentários

Sou manauense, graduado em Design de Interface Digital, pós-graduado em Marketing, Propaganda e Publicidade pela Laureate International Universities e mestrando em Design da Comunicação na Politecnico di Milano - Itália. Sou o idealizador do No Amazonas é Assim e recebi o Prêmio Top Empreendedor nas Américas, além da Comenda da Cruz do Reconhecimento do Mérito do Empreendedorismo e a Cruz do Mérito da Amazônia, ambas as comendas outorgadas pela pela Câmara Brasileira de Cultura. Me interesso por Marketing Digital, Mídias Sociais, Branding, Gestão de Conteúdos Web, Turismo Cultural, Manaus de Antigamente além de Políticas Criativas.