Bituca e chiclete também são lixo e merecem respeito!

Uma campanha criativa tem incentivado os britânicos a repensarem maus hábitos comuns, como jogar bitucas de cigarros ou chicletes nas ruas.

Para chamar a atenção dos fumantes, a ONG Hubbub criou uma bituqueira bem diferente. Com dois reservatórios separados, os fumantes usam a bituca de cigarro para votar em qual jogador de futebol eles acham que foi o melhor da história: Messi ou Ronaldo? E essa é a apenas uma das perguntas espalhadas pelas ruas. A proposta tem como objetivo reduzir os impactos ambientais gerados pelas bitucas descartadas inadequadamente.

Bituca e chiclete tambem sao lixo e merecem respeito (4)Bituca e chiclete tambem sao lixo e merecem respeito (2)

Outro grande problema que traz prejuízos às autoridades britânicas são os chicletes. Anualmente o Reino Unido precisa desembolsar 56 milhões de libras apenas para retirar os chicletes das ruas. O jeito criativo encontrado pela ONG para resolver este problema foi a criação de painéis interativos.

As mensagens e desenhos ocultas nas placas precisam de chicletes colados para serem reveladas. Assim, ao invés de, simplesmente, jogar o chiclete nas ruas, as pessoas dão uma utilidade mais legal para os resíduos, promovem a conscientização e colaboram com a redução dos gastos municipais.

Bituca e chiclete tambem sao lixo e merecem respeito (3) Bituca e chiclete tambem sao lixo e merecem respeito (1)

Comentários

Sou manauense, graduado em Design de Interface Digital, pós-graduado em Marketing, Propaganda e Publicidade pela Laureate International Universities e mestrando em Design da Comunicação na Politecnico di Milano - Itália. Sou o idealizador do No Amazonas é Assim e recebi o Prêmio Top Empreendedor nas Américas, além da Comenda da Cruz do Reconhecimento do Mérito do Empreendedorismo e a Cruz do Mérito da Amazônia, ambas as comendas outorgadas pela pela Câmara Brasileira de Cultura. Me interesso por Marketing Digital, Mídias Sociais, Branding, Gestão de Conteúdos Web, Turismo Cultural, Manaus de Antigamente além de Políticas Criativas.