AquaTop vídeo game na banheira

Dessa vez os japoneses viajaram legal na imaginação, com uma ideia que vai encantar os amantes de vídeo game.

A origem não podia ser outra, pois o Japão é o lugar onde surgem a maioria de games de sucesso.

AQUATOP é um sistema de projeção, que utiliza água como uma superfície de tela. E permite que os membros do jogador se movimente livremente através sobre a superfície de projeção.

O sistema usa uma câmera, Kinect, para detectar o movimento na água e assim permitir interações, um exemplo seria os dedos saindo por debaixo da superfície da água e recolhendo a água com as duas mão. Esse tipo de interação é tão louco que, consegue criar pequenas explosões de água usando um Subwoofer submerso.

Para esses caras, diversão não tem limites, é claro que muito breve, poderemos ver esse jogo em grandes piscinas.

Confira comigo as imagens  e o vídeo desta super novidade:

Banheira transformada em vídeo game por AquaTop Display

Banheira transformada em vídeo game por AquaTop Display

Banheira transformada em vídeo game por AquaTop Display

Banheira transformada em vídeo game por AquaTop Display

Banheira transformada em vídeo game por AquaTop Display

Banheira transformada em vídeo game por AquaTop Display

Banheira transformada em vídeo game por AquaTop Display

Banheira transformada em vídeo game por AquaTop Display

 

 

Fonte: site www.porquenaopenseinisso.com.br

 

 

Comentários

Sou manauense, graduado em Design de Interface Digital, pós-graduado em Marketing, Propaganda e Publicidade pela Laureate International Universities e mestrando em Design da Comunicação na Politecnico di Milano - Itália. Sou o idealizador do No Amazonas é Assim e recebi o Prêmio Top Empreendedor nas Américas, além da Comenda da Cruz do Reconhecimento do Mérito do Empreendedorismo e a Cruz do Mérito da Amazônia, ambas as comendas outorgadas pela pela Câmara Brasileira de Cultura. Em meu blog, escrevo sobre Marketing Digital, Mídias Sociais, Branding, Gestão de Conteúdos Web, Turismo Cultural, Manaus de Antigamente além de Políticas Criativas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO AQUI!