Anderson Silva vs. Chris Weidman no UFC 162

Quanto mais eu apanho, mais eu gamo

Quanto mais eu apanho, mais eu gamo

Anderson Silva era o detentor deste cinturão de peso médio desde o dia 14 de outubro de 2006, no UFC 64, após derrotar de forma arrasadora ainda no primeiro round o até então campeão dos pesos médios, Rich Franklin. Este mesmo cinturão foi ontem entregue de bandeja para um “atleta em ascensão”.

[hana-code-insert name='Google' /]

Normalmente dizemos que quando um brasileiro perde um título é porque foi comprado (ou vendido), mas a luta de ontem está longe disso, na minha modesta e humilde opnião, a luta foi dada mesmo.

Os motivos e razões são vários para se acreditar nisto, mas tudo são conspirações. Alguns dos motivos para que o Anderson Silva tenha vendido a luta:

  1. Perdendo o UFC 162 e consequentemente o cinturão de campeão, faria com que o Anderson Silva não enfrentasse no final do ano o Jon Jhones na Super Luta;
  2. Perdendo para um atleta em ascensão seria uma boa oportunidade de não entregar o título para algum de seus ex-oponentes;
  3. Bolsas de aposta faturariam uma bolada na “zebra”, de um atleta novato contra uma lenda em ação, assim, as bolsas pagariam bem mais nas apostas contra o Anderson Silva;
  4. O Spider fatura muito mais com propagandas do que lutando, ele não precisa mais lutar e portanto entregaria para alguém que está no começo da carreira
  5. Falta de opção para o próprio UFC, afinal, ninguém estava a nível do Anderson Silva, e consequentemente, as lutas não teriam “mais graça” (entenda-se graça como $$ em apostas)
  6. Os brasileiros eram campeões de suas categorias, o que diminuía o “prestígio” do UFC nos Estados Unidos;
  7. Ele não disputando o título pode “matar” qualquer lutador e consequentemente lutar com toda sua força e técnica sem ser pressionado;
  8. Aposentadoria.

[hana-code-insert name='Google2' /]

O título de campeão de UFC precisa de uma certa rotatividade  para que continuem gerando lucro com a imagem dos atletas, com as oportunidades de investimentos e consequentemente, fazendo rodar a roda gigante do dinheiro controlada pelo sr. Dana White (um empresário e ex-pugilista norte-americano. É o atual presidente do Ultimate Fighting Championship e homem mais poderoso da bilionária indústria do Mixed martial arts).

Durante  a luta Anderson Silva vs. Chris Weidman no UFC 162, Anderson Silva simplesmente baixou as guardas e encarnou o Sérgio Mallandro até cair grogue com uns golpes bem dados pelo Chris Weidman..

Embora o Anderson já tenha brincado assim com o Demian Maia uma vez (UFC 112: Anderson Silva vs Demian Maia), contra o Demian, ele o deixou sangrando. Contra o Chris Weidman ele não tentou nada, simplesmente NADA. apenas entregou o cinturão e disse “eu não quero mais brincar, não quero o cinturão e queria dá-lo pra alguém“….

 

Ainda tá na minha cabeça a imagem do Anderson 'The Spider' Silva imitando o Sergio Mallandro fazendo o glu glu yeah yeah ._.'

Ainda tá na minha cabeça a imagem do Anderson ‘The Spider’ Silva imitando o Sergio Mallandro fazendo o glu glu yeah yeah ._.’

Nas suas declarações depois da luta ele deixou bem claro a sua vontade de parar, sua vontade de largar tudo e sair desse circo, porém, negou sua aposentadoria e disse que teria ainda 10 lutas para fazer.

O que mais me chamou a atenção após a luta, foi ele dizer que estava tudo bem, e quando questionado se ele gostaria de uma revanche, ele disse: NÃO! , e depois em alto e bom tom, em português sentenciou : Brasil, eu tentei.

Que sortudo este Chris Weidman! Ganho um cinturão de graça, e o Anderson Silva nem faz questão de querê-lo de volta. O sortudo ganhou de mão beijada o cinturão que não ficará com ele por muito tempo, aposto! O Weidman, na primeira defesa de cinturão provavelmente vá perdê-lo.

___

A derrota de Anderson Silva para Chris Weidman no UFC 162, na madrugada deste domingo (7), inspirou piadas com o lutador brasileiro nas redes sociais. Em uma das montagens, feita pelo perfil @segureotchan no Twitter, o Spider aparece fazendo a coreografia da música “Dança da Cordinha”, sucesso do “É o Tchan”. Na imagem, ele está ao lado de Scheila Carvalho, ex-dançarina do grupo de axé que atualmente disputa a sexta edição do reality show “A Fazenda”, da TV Record. “Passa (o cinturão) negão”, está escrito na legenda. Anderson Silva foi nocauteado por Weidman no segundo round da luta, realizada em Las Vegas. O lutador americano aproveitou que Spider ficou de brincadeiras, com as mãos na cintura e guarda baixa, e levou o cinturão dos médios do UFC.

Anderson Silva vs. Chris Weidman no UFC 162

Anderson Silva vs. Chris Weidman no UFC 162

Anderson Silva Vende a Luta – UFC 162 (Detalhes Comprovados)

O mais entranho não é a mão do Anderson tocando na cabeça do adversário, mas sim a quantidade de golpes e socos que o Weidman desfere sobre Anderson já caído com a cabeça estática e mesmo assim erra a maioria, percebam o ultimo golpe, ele parece recolher o braço para não acerta-lo em cheio.

Marcus Pessoa

Eu sou manauense (ou manauara como preferir), graduado em Design de Interface Digital e atualmente curso mestrado em Design da Comunicação na Politecnico di Milano - Itália. Trabalho na Zodiak Active com gerenciamento de conteúdos de mídias sociais a nível global, e fundei o Lab Criativo, uma empresa responsável por presença online de empresas. Me interesso por Mídias Sociais Digitais, Branding, Política e Gestão de Conteúdos Web, além de monitoramento de Marcas e Mercados.


Tem mais aqui:

5 thoughts on “Anderson Silva vs. Chris Weidman no UFC 162

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Current day month ye@r *