Na França, telhado verde e painel solar são obrigatórios por leis em prédios comerciais

No velho mundo, mais especificamente na França, agora é lei : Telhado verde e painel solar são obrigatórios em prédios comerciais. Os franceses há muitos anos vêm experimentando técnicas sustentáveis para tentar reverter o problema climático que se encontram. Agora, quem passar pela capital parisiense poderá observar o verde no alto dos prédios comerciais.

Para impulsionar essa luta em prol da ecologia, o país aprovou uma lei que obriga todos os novos edifícios comerciais a instalarem telhados ecológicos ou painéis solares.

Essa busca constante por soluções sustentáveis para as cidades desenvolvidas são mais do que nunca necessárias. A concentração de pessoas, turistas, veículos, empresas, comércios e indústrias tornam as cidades mais poluídas, e isso acarreta em menor qualidade de vida para todos.

Podemos contar nos dedos quais centros urbanos que ainda possuem ar puro para se respirar. Quais cidades não passam pelo processo de corte de árvores? Quantas obras chamadas de “revitalização” estão destruindo a fauna e a flora local para dar lugar a empreendimentos?

Telhados verdes

Telhados verdes

Os telhados verdes são fabricados com plantas e ajudam a aumentar a umidade do ar, sendo um belo auxílio em cidades secas e sem verde.

Entre suas principais vantagens, destaca-se que os telhados verdes retêm a água das chuvas e filtram partículas suspensas no ar, como fuligem.

Ainda servem como ótimas opções para se fazer uma horta orgânica, por exemplo. Há quem utiliza o telhado como horta para todo o prédio, aumentando a qualidade na alimentação de todos da vizinhança.

Além disso, eles ainda passam um ar de sofisticação e bem-estar às cidades. Imagine só se o telhado de cada prédio comercial no Brasil fosse repleto de arbustos, gramas e até plantações.

Já as placas solares funcionam como painéis que produzem energia através da absorção dos raios solares. Elas podem ser aplicadas em qualquer lugar e são muito baratas.

As placas solares

As placas solares

O painel fotovoltaico é o mais comum, mas ainda pouco utilizado no Brasil. Ele converte energia solar em energia elétrica, e já vem representando uma grande economia e custo benefício para as empresas parisienses.

Existem outras formas de gerar energia solar, como, por exemplo, os aquecedores solares. Com painel ou a vácuo, este meio converte a energia do sol em energia térmica, aquecendo água para usos residenciais ou industriais.

Pelo futuro de todo o planeta, seria importante que esta lei não ficasse apenas na França e se expandisse pelo mundo, chegando ao Brasil.

O exemplo de Paris para o mundo

O exemplo de Paris para o mundo

Enquanto isso não acontece, você sabe que não precisa de uma lei para tentar ajudar a melhorar a sua cidade.

Se mora em prédios, pode facilmente ter uma horta hidropônica. Já se tem acesso ao pátio, por que não começar hoje mesmo uma pequena plantação?

Ou então, se você é empresário, por que não seguir este modelo francês e começar a investir nos benefícios que uma cultura verde pode trazer ao seu negócio.

Ou então, se você é empresário, por que não seguir este modelo francês e começar a investir nos benefícios que uma cultura verde pode trazer ao seu negócio.

Regue esta ideia para ajudar o meio ambiente e a sociedade a colher os frutos de um futuro mais sustentável.

Regue esta ideia para ajudar o meio ambiente e a sociedade a colher os frutos de um futuro mais sustentável.

Comentários
Sou manauense, graduado em Design de Interface Digital, pós-graduado em Marketing, Propaganda e Publicidade pela Laureate International Universities e mestrando em Design da Comunicação na Politecnico di Milano - Itália. Sou o idealizador do No Amazonas é Assim e recebi o Prêmio Top Empreendedor nas Américas, além da Comenda da Cruz do Reconhecimento do Mérito do Empreendedor, ambos pela pela Câmara Brasileira de Cultura. Me interesso por Marketing Digital, Mídias Sociais, Branding, Gestão de Conteúdos Web, Turismo Cultural, Manaus de Antigamente além de Políticas Criativas.